Um mundo de aventuras, aonde o céu é o começo e não o limite. Bem vindo as Origens do Neoverpower.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

1ª Crônica de Val.Handras: Chamado ao Início

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 5 de 5]

Meister Aoro

avatar
Administração OP
Administração OP
Arkarina Kellers


Iliyarashki - Rashi


Kirin Arkantus


Valandil Tinehtelë


Arthuria Behemont


Naquele instante, enquanto foleava o diário e comentava sobre as anotações de Shion, Arkarina se deparou com uma folha em estranho e familiar. Era uma flor que shion colhera nos jardins do colégio e entregara a ela com a seguinte frase: "A natureza tem sua forma de compensar os horrores do mundo, com beleza e perfume caridosos". A página em questão estava marcada com a seguinte descrição, parcialmente borrada e muito mal escrita, o que demostrava que aquele trecho em questão fora escrito mais por aleatoriedade do que por uma afirmação:

"...... A fortaleza com certeza fora bela no passado e a mágica neste lugar é impressionante, uma penanão sermos capazes de levar nada desta construção bela e abandonada. Hoje comemos algumas galinhas no almoço, acho que não foi uma boa ideia, pena que não pensamos na possibilidade de não comer as galinhas com pimenta. Nighdogg parece um monstro perigoso, na verdade ele é, uma vez que também faz parte dos sete pecados capitais: A Ira, mas acredito que enquanto ouver galinhas e porcos não apimentados ele não nos atacará.

Lohegrinn é na verdade mais do que uma arma, ela contém a capacidade de propagar o alimento e a satisfação da moderação. Quem ia imaginar em colocar um par de adagas com o poder de fornecer comida somente na hora certa para uma boa alimentação?

Foi uma luta triste, Nighdogg é inocente mas como todo pecado capital precisa de um corpo, como uma parasita, não fomos capazes de salvar esta pobre criatura. felizmente a morte delefoi rápida e acredito que não tenha sofrido muito. Alvorada concorda que precisamos forjar uma urna para cada pecado. Ou eles continuarão a renascer a cada decada.. A lua Negra está próxima, não é o fim do mundo, é o começo de um inferno na terra. A Noite eterna... Sete virtudes contra sete pecados... Uma pena que meus dois filhos, sei que não são meus, mas ainda sim meus filhos não serão capazes de cumprir com meu dever..."


Junto a esta página estava, em destaque para todos, um mapa colado com as cordenadas da tal fortaleza em questão. Rashi já ouvira falar daquelas cordenadas pelo próprio Roben, se tratava do reino de Luminiensence. Um reino a muito esquecido, na verdade conhecido como o primeiro reino a ser formado em Val.handras, mas que desapareceu na noite eterna deixando para trás uma cidade oculta pela floresta e desgastada pelo empo, abrigando as bestas mais perigosas do mundo: as Panteras do Abismo e o Andarilho do Abismo, criaturas feitas de trevas e escuridão com entalhes e destaques em cristal negro.

Arthuria também já ouvira falar daquele lugar, que ficava no extremo oeste de onde estavam, levariam quase 3 meses de viagem a cavalo. Kirin por outro lado conhecia bem aquele lugar, afinal fora naquele lugar que Shion cuidara dele, era seu território de sobrevivência. Já para Valandil aquilo era novidade, afinal aquelas coordenadas davam no meio de Urok Turok, o reino Orc.

F 0 H 0 R 0 A 0 Pdf 0[/color] 20/10

Ver perfil do usuário http://overpower.ativoforum.com

Pem Bymy

avatar
Administração OP
Administração OP
Ao folhear o diário, Arkarina estranhou encontrar aquela flor. Tanto tempo havia se passado e ela continuava intacta, nem sequer estava ressecada. Passando os dedos levemente pelas pétalas, a maga se esforçava para acreditar na afirmação de que isso se devia à magia restante no local em que a flor fora colhida. Porém, não conseguiu evitar um forte sentimento de saudades e nostalgia com aquela imagem.
Ela teve que se esforçar para conter um leve sorriso ao lembras das galinhas apimentadas. Afinal, fora ideia dela e ela se divertiu muito ao ver o antigo mestre comendo aquilo.

Passando os olhos pelas palavras no diário, pareceu finalmente encontrar algo de útil:

- Escutem isso:

"...Nighdogg parece um monstro perigoso, na verdade ele é, uma vez que também faz parte dos sete pecados capitais: A Ira, (...)

Lohegrinn é na verdade mais do que uma arma, ela contém a capacidade de propagar o alimento e a satisfação da moderação. Quem ia imaginar em colocar um par de adagas com o poder de fornecer comida somente na hora certa para uma boa alimentação?

Foi uma luta triste, Nighdogg é inocente mas como todo pecado capital precisa de um corpo, como uma parasita, não fomos capazes de salvar esta pobre criatura. felizmente a morte dele foi rápida e acredito que não tenha sofrido muito. Alvorada concorda que precisamos forjar uma urna para cada pecado. Ou eles continuarão a renascer a cada década.. A lua Negra está próxima, não é o fim do mundo, é o começo de um inferno na terra. A Noite eterna... Sete virtudes contra sete pecados... Uma pena que meus dois filhos, sei que não são meus, mas ainda sim meus filhos não serão capazes de cumprir com meu dever..."

Ao terminar de ler, Arkarina ergueu os olhos para os presentes

- Parece que tem algo por lá ainda! O que acham?

Dito isto, virou o mapa para que todos pudessem ver melhor.


_________________



Adeus, chefinho. Beijos gelados, não me liga.
Ver perfil do usuário

Yami~

avatar
Administração GM
Administração GM
A meio elfa estava calada desde o momento todos decidiram andar juntos, não confiava muito em Arthuria, ainda mais pelo modo como ela tratou o outro mestiço, estava apenas aproveitando a comida do lugar, mas sua expressão estava bem séria, o que não era muito comum para ela no geral. Escutava atentamente a todos até ouvir a passagem do diário do mestre de seus companheiros que Arkarina lia em tom para todos ali na mesa, quando foi que havia escutado aquilo? A sim Roben já havia o falado de algo parecido, embora suas aventuras realmente nunca a tivessem levado àquele lugar, e tinha viajado muito com o bardo antes de reunir-se em um grupo, mas a ideia que eles tinham parecia que estava formando uma nova aventura com seu amigo bardo, embora dessa vez ele não estivesse ali, a lembrança era o que a fazia quebrar a sua expressão séria que havia formado em seu rosto, à cerca de um ano lembra como foi difícil para o grupo inicial ser realmente unido.

- O mestre de vocês é tão louco quanto Roben era, ir para este lugar não está nem perto de ser uma boa ideia, então é por isso que vamos pra lá. Se não acharmos nada pelo menos ainda há a chance da morte mais rápida – sarcasmo, era a forma mais fácil dela lidar com tudo aquilo que estava acontecendo no momento – creio que devemos partir logo, temos um grande caminho pela frente.


_________________

Ver perfil do usuário

Alicia Han

avatar
Administração GM
Administração GM
Arthuria ouviu atentamente as palavras de Arkarina. A guereira ficou em silêncio por algum tempo, tomando sua bebida e olhando friamente para os três seres a sua frente. Ela não prstava atenção na Arkarina, mas no Lycan e os dois mestiços. O exército tinha regras e mestiços como aqueles só serviam para duas coisas: escravos e alvos para teste. mas naquele momento o reino dependia da vida deles e de suas capacidades. Ela se concentrou tentano obter o maior número de detalhes daqueles três e após ouvir as palavras de Rashi, ela resoveu quebrar o silêncio.

- Pois bem... Este território é conhecido pelo exército, tivemos muitas incursões por estas áresa, uma tropa bem treinada teria serias dificuldades, não pelas criaturas e Orcs a vagar por este lugar, mas por culpa de seu terreno pantanoso e de dificil acesso. devemos seguir para o Oeste pela estrada principal dos exploradores, porém não garanto uma boa viagem após os limites do reino. A cavalo levariamos 3 meses... Porém creio que temos uma forma diferente de viagem...

Ela olha diretamente para Valandil.


obs. tentando usar minha habilidade elemental.


_________________


Ver perfil do usuário

Assude

avatar
Level .2
Level .2
Suspirava ao ouvir Arkarina, de alguma forma o trecho que ela leu trouxe a Kirin confirmações de que ainda tinham muito a fazer se queria deter Erebus. Ouviu Rashi e Arthuria e após tomar um grande gole da bebida a sua frente já se levantou ajeitando a espada e encarando o restante do grupo com uma expressão séria.

-- Rashi está certa, vamos antes que Nighdogg seja só mais um nome na história que não conseguimos deter... se ele representa a Ira, pois bem, ele conhecerá a fúria de um Lycan.

Caminho em direção a saida esperando que alguém o seguisse.

-- Não temam o caminho, os orcs, as adversidades... pois se Erebus não for impedido infelizmente essas coisas serão os menores de nossos problemas.


Ver perfil do usuário

kamui

avatar
Level .3
Level .3






Ele sentia o clima hostil, não era algo dito mas sim sentido as vezes até palpável, a mulher humana emanava esta sensação, assim como um dia ele fizera, era estranho mais ele podia finalmente sentir a energia das coisas, queria entender o fluxo de tudo, se sentia um bobo por ter vivido tanto tempo em trevas, mas ainda sim algo dentro dele parecia adverti-lo:

-Não se entregue ainda, não confie demais, destrua antes que seja destruido...


Ele sabia de onde vinha esta voz, sabia quem era e sabia o que ela queria... Desforra ...
Novamente sentia o leve pincelar em seu ego, novamente a humana se pronunciava, como se fosse dona de algo, ou como se ele devesse algo a alguém tão inferior... Respirou fundo... Tentaria ser o mais cordial possível, dada as circunstâncias.


-Realmente... Humana... eu tenho como me locomover mais rápido que vocês por não ser tão, como posso dizer, limitado, mas se você quiser uma ajuda, quando criar asas posso lhe dar umas aulinhas...

Ele sustenta o olhar da guerreira enquanto falava, e um pequeno riso de malicia brincava em seus lábios, ele nem mesmo espera a reação da guerreira, mas fica atento para qualquer explosão repentina ...

-Bom Arkarina, Kirin interessantemente parece o mais sensato até agora, já que temos todo este percurso é bom nos apressarmos afinal até o tempo voa não é verdade?

Dito isso pula de um salto próximo a kirin e acenando com a cabeça como que concordando em silêncio com a postura do companheiro...

Ver perfil do usuário

Pem Bymy

avatar
Administração OP
Administração OP
Arkarina suspirou, balançando a cabeça. Não esperava que quisessem sair neste momento. Seu prato ainda estava intocado à sua frente, e ela não pretendia começar uma viagem de três meses com a barriga vazia e sem uma boa noite de sono

- Fico satisfeita que estejam dispostos, os dois! Mas creio que não seja uma boa estratégia partir imediatamente! Já está tarde, precisamos de um lugar para passar a noite e descansar pelo que passamos no dia de hoje

Olhando para Rashi e Arthuria, esperou por suas posições. Guardando o diário, voltou-se para elas, pegando o copo de água que estava à sua frente e bebendo um gole.

- Podemos partir amanhã cedo, o que me dizem?


_________________



Adeus, chefinho. Beijos gelados, não me liga.
Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 5 de 5]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum