Um mundo de aventuras, aonde o céu é o começo e não o limite. Bem vindo as Origens do Neoverpower.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Reinos de Val.Handras [1]- História do Mundo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Reinos de Val.Handras [1]- História do Mundo em Seg 12 Maio 2014 - 23:11

Meister Aoro

avatar
Administração OP
Administração OP

O Mundo de Val.Handras, segundo os antigos elfos de Vallanar e registrados na Catedral de Damantia, no passado se resumia a uma pilha de rochas, magma e fogo. Um mundo aonde os elementos do fogo, da água, da terra e do ar se confrontavam, misturavam e até mesmo se destruíam em um ciclo sem fim no tempo e espaço. Esta Era Primordial teve fim com a chegada de duas entidades extra-planares, dotados de grande poder. Seus nomes eram Cronn e Abyssian. Cronn era metódico, organizado e elaborador, pertencente a uma raça chamada de Proteons, ele tinha o poder de criar e até mesmo moldar o que desejava. Cronn era totalmente oposto a Abyssian, que era caótico, destruidor e propagador do caos e destruição por onde passavam. Abyssian pertencia a uma raça chamada Devourer e que somente ele saiu vivo de uma guerra extra-planar que levou ao fim sua raça.

Embora de natureza opostas, Cronn e Abyssian se ignoravam. Abyssian estava satisfeito com o caos que existia naquela dimensão, se maravilhando com a selvageria com que os elementos açoitavam aquele mundo estério e sem vida, zombando constantemente dos esforços de Cronn em criar algo ou moldar os elementos para que pudesse dar uma existência ao plano em que estavam. Após muito esforço, exaurindo seu poder ao ponto de sentir que o fim se aproximava para ele, Cronn recebeu uma poderosa carga de poder que, não só restaurou seu poder, lhe deu controle sobre os quatro elementos. Cronn estava recebendo o poder de uma terceira entidade cósmica, seu nome era Handras. Handras era uma entidade única, nascida naquele plano e alimentada com poder e conhecimento que existia no fluxo das dimensões.

Adormecendo no interior de um planeta, Handras acabou acidentamente liberando seu poder na forma de quatro elementos e isso a fez entrar em um sono profundo e longo, que foi desperta graças ao poder que recebia de Cronn, em sua tentativa de controlar os elementos. Ao se deparar com tanto poder e imaginando a energia devastadora que teria, Abyssian imediatamente atacou Cronn, pronto para destruí-lo e tomar Handras como sua esposa, mais precisamente tomar seu poder para si. E tal ato deu inicio a primeira batalha do mundo, a batalha conhecida como Origem do Véu. Protegida, por Cronn, Handras viu estrelas, planetas e dimensões serem varridos desta existência por causa desta luta, uma luta que deu origem ao Véu do Abismo, um manto de energia que prendia toda e qualquer energia lançada a ela, como um buraco negro muito maior e mais poderoso. Inteligente, Cronn se valeu do Véu do Abismo e em um golpe rápido e certeiro ele lançou Abyssian ao Véu e o derrotou, aprisionando seu poder e o entregando ao Véu, que passaria a ser o túmulo de seres como Cronn e Abyssian.

Após a vitória, Cronn e Handras habitaram o mundo, que servira de morada para a ela, e com seus poderes unidos começaram a moldar o mundo com base nas memórias de Cronn, que por sua vez deu consciência e corpo para cada elemental, nomeando-os de Espíritos Elementais.Cron mudou seu nome para Cronnos e nomeou o seu novo lar de Val.Handras, mundo que os elementais logo começaram a usar seus poderes para aperfeiçoá-lo, criando florestas, mares, montanhas, vulcões e os mais variados seres vegetais e animais. Após todo esse trabalho, que durou exatos 1.000 anos, os elementais se fundiram a natureza e desapareceram. Os dias para Cronnos e Handras eram lentos, mas com o passar de tais dias, que se tornaram anos e séculos posteriormente, tendo o mundo preenchido com um eco-sistema rico e independente, crescia em Handras um vazio inexplicável e que Cronnos soube imediatamente o que acontecia, mas por sua experiência, como andarilho de planos, ele acrediitava que não seria uma boa idéia, mas a tristeza de Handras era tanta que ele decidiu deixar o fluxo da vida seguir adiante.

Após meditar por 500 anos, sendo os anos de vida de Val.Handras exatos 2.000 anos, Cronnos decidiu fornecer parte de sua existência a Handras e esta deu a luz quatro filhos, que seriam os novos elementais do mundo: ValHadriel dos Ventos, Volcannos das Chamas, Atalanta dos Mares e Gaia das Rochas.


Os quatro elementais tinham o poder de aprimiorar o mundo, assim como os primeiros elementais e para que estes também não desaparecessem, por gastar seus poderes, Cronnos lhes deu a outra metade do poder e adormeceu, sendo repousado no Véu do Abismo pela própria Handras, que emocionada deu a liberdade aos seus filhos de modificarem o mundo como achassem certo e até lhes dar netos que pudessem aproveitar o paraíso que foi criado pelo seu pai Cronnos.

Val.Hadriel dos Ventos foi a primeira a criar filhos, ela criou os Elfos, seres belos, graciosos e dotados de uma longa vida e sabedoria sem igual. De corpos esguios, pele clara, longos cabelos que variavam de Dourado, Negro, Verde ou Branco, dependendo de cada indivíduo. Os Elfos criaram um idioma, escrita, cultura e arquitetura natural, assim como aprenderam ao longo do tempo vivido a controlar os elementos e gerar as magias, assim como o cultivo e proteção das florestas e animais.

Volcannos das Chamas foi o segundo a dar filhos ao mundo, extraindo da rocha e do magmar, moldados como o aço e ferro pelo fogo, nasceu os robustos e rudes Anões, que se tornaram os mineradores e ferreiros do mundo, exploradores do subterrâneos, os Anões são até hoje os Artesões do Metal mais habilidosos do mundo. Os Anões criaram as mais belas construções subterrâneas e as mais poderosas armas e armaduras que até mesmo os deuses e generais usam nos tempos de guerra.

Gaia das Rochas, ao contrário de Val.Hadriel e Volcannos, não tinha nenhum interesse em dar filhos ao mundo, ela observava silênciosa a maravilha de seu pai, o mundo de Val.Handras, e quando os Elfos e os Anões começaram a incluir seus desejos e projetos, mudando o natural do mundo, ela se enfureceu e se ressentiu.

Diante da ignorância das duas raças, que não lhe prestavam respeito por ser a "mãe terra", Gaia criou uma raça brutal e feroz, como as feras das matas. Moldados com lodo dos pântanos e rochas, ela trouxe ao mundo os Orcs, seres brutos e ignorantes, enormes em força e tamanho, os Orcs trouxeram caos e destruição aos Elfos e Anões desprotegidos.Desgostosa com o ato egoísta de Gaia, Handras pensou em punir a elemental, mas Atalanta dos Mares propôs uma situação que até mesmo os elementais do vento e das chamas ficaram sem reação. Atalanta dos Mares abriu o mar do leste, attravessou o véu do abismo e com isso abriu passagem para a chegada de uma raça que traria mudanças drásticas e dramáticas para o mundo de Val.handras, tanto para o bem como para o mal.

Ele trouxe ao mundo os Humanos, seres capazes de grandes atos e mudanças, pensamentos e desejos que até Handras ficou interessada neles e desistiu de punir Gaia das Rochas e seus Orcs sanguinários. Os humanos viviam em um mundo, chamado de Terra, aonde a grama e a água já não existiam naturalmente, o sol não brilhava mais, encoberto por grossas nuvens, um mundo aonde o caos e a destruição, a morte e a fome, a desigualdade e a injustiça estavam em todos os lugares e em todos os corações. A esperança era mantida apenas por três reis que, iluminados por Atalanta, construiram embarcações a vela e com os que acreditaram em suas palavras, partiram para o mar venenoso do oeste, atravessando uma grande tempestade de raios e chamas e chegando a uma terra maravilhosa e rica em tudo que eles um dia ouviram em histórias ou livros.

Dugeon Lancaster - Arcebispo Rei dos Celenos, Atas Behemont - Generai Rei dos Vanguards e Mirriori Dragonborn - Aristocrata Regente dos Lummenars são os três reis que aceitaram o sonho de Atalanta dos Mares e chegaram as terras de Val.Handras, deixando para trás suas origens, pesadelos e desilusões, para criar um novo começo para os poucos humanos que estavam em seus navios. Handras observou os humanos durante 10 anos e se surpreendeu ao ver as crenças e costumes deles para com o mundo e as demais raças. Diante deste fato, incentivada por Atalanta, ela criou os deuses essenciais que seriam os intermediários entre os humanos e os elementais, intercedendo, abençoando ou amaldiçoando, fazendo valer a roda do destino.

Handras abençoou Val.hadriel e esta deu a luz a Galladriendell - deusa da Natureza e Spheriah - deusa da Magia. Volcannos apresentou ao mundo Aurora - deusa do Sol e Armoria - deus da Forja. Atalanta resgatou os deuses humanos Arivante - deus da Viagem e Dhalia - deusa da Cura. Gaia moldou da terra Titânia - deusa da Força e Tandara - deusa dos Animais. Satisfeita, com o que fez e seus resultados, Handras adormeceu e deixou o mundo aos cuidados e adminstração dos deuses elementais e deuses essenciais. Os deuses enviavam sinais e milagres aos povos, que por sua vez modificavam o mundo de Val.Handras.


Os Elfos construiram a cidadela de Vallanar, no centro da floresta do Percursor. os Anões criaram o reino de Jothurgard, a cidade de Noria e a esplendorosa Damantia no Deserto. Os Orcs se espalharam em tribos e nasceu o reino selagem e bárbaro de Urok Turok e os Humanos fortaleceram suas raizes em Val.handras criando o reino de Minoria.Mas a paz que reinava no mundo foi quebrada séculos após a instituição do reino de Minoria; Monstros terríveis atacavam as vilas e cidadelas, guerras civís estouraram misteriosamente sem uma causa explicável em Minoria, entre os Behemont e os DragonBorns e o reino do norte era devastado por sanguinários Dragões.Esta era sombria e caótica foi chamada de Era das Trevas e foi arquitetada por um novo elemetal, até então oculto nas bordas do véu do abimo, que se fez presente no mundo com o adormecer de Handras.

Era Demon - O elemental das Trevas e com ele três deuses sombrios se revelaram poderosos: Lhuciffer - deus do Caos, Pandora - deusa da morte e Callamith - deus da Destruição.Heróis e Vilões surgiram nesta era, o caos causado no mundo fez surgir o reino de Nocturnia, hoje controlado pelo Dragão Astharoth -Diamante Negro. Em Minoria, formentados pelos três deuses malignos os Dragonborns entraram em conflito com os Behemont, pela disputa do reinado de Minoria e acabaram derrotados covardemente por seus serviçais, os Mennarcas, que não só subiram ao poder como rebaixaram os Behemont como exército do reinado, sem direito a subir ao trono. Elfos e Orcs travaram batalhas sangrentas, entre Urok Turok e Vallanar, até mesmo envolvendo o reino dos Anões.

O mundo estava mergulhado no caos e destruição e foi nesta era sombria que surgiu a mais forte aliança entre as raças.A Aliança da Alvorada, formada pelo Guerreiro humano Asgard Behemont - da Lâmina Flamenjante, a Maga elfa Nellerielle OlhosPrateados - Milenar do Véu, o Bárbaro Orc Grark Machado-de-Pedra, o Clérigo Anão Thor ClavaLuminosa, o Lycan Ranger Fenrir PeleCinzenta, os gêmeos mestiços de elfo e humano, a ladina Thalia da Lâmina Ofensora e o Paladino Rhamus Escudo Defensor e o lider da alvorada, o Dragão Dourado Alvorada Escamas Douradas, unidos desbravaram o mundo inteiro, combatendo todas as criaturas e desafios das trevas e trouxeram dos confins do mundo a luz que daria fim a Era das Trevas. a Aliança da Alvorada penetrou no Véu do Abismo e de lá libertou Ceres - a elemental da Luz, que transformou a efla Nellerielle na deusa do conhecimento Grevendoria, Asgard no deus da guerra Ashram

O fim da Guerra também deu o despertar de Handras que, surpresa e um pouco preocupada, decidiu reunir todos os elementais e deuses e instaurou uma lei; os elementais só poderiam agir no mundo se pelo menos 4 deuses concordassem com tal ato e os deuses só poderiam intervir no mundo através do poder que os seus fiéis e adoradores lhes concedessem em orações e rituais a suas escolhas, assim o mundo não voltaria a cair em guerra com deuses e homens lutando no mesmo campo de batalha e destruindo seu mundo. e é neste mundo que nossas crônicas agora tem início.Bem vindo a Val.Handras, terra de deuses e elementais, aonde um ato moverá fronteiras inimagináveis...
















Ver perfil do usuário http://overpower.ativoforum.com

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum