Um mundo de aventuras, aonde o céu é o começo e não o limite. Bem vindo as Origens do Neoverpower.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

4ª Crônica de Val.Handras: Labirinto do Dragão

Ir à página : Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 2 de 2]

Garuda

avatar
Level .1
Level .1
Hako sabia que estavam com problemas. Um dos perseguidores, no fim das contas, conseguiu alcançar eles e agora Akalato estava já preparando sua ofensiva.

- Er... Pelo visto conversar não vai rolar rsrs...

Ele salta para trás no exato momento que ela dispara sua poderosa magia e com resposta a isso ele ergue sua mão e invoca as forças da luz.

- Dia iluminado, raiar de pura graciosidade, forças além da escuridão a proteger do alento o dano causado, amaldiçoado pela morte, com as forças de Luz...

Ele lança proteção magica, envolvendo a guerreira da ira com um escudo de pura luz para evitar um possível contra-ataque.


+4 de armadura.

Ver perfil do usuário

Shirou

avatar
Level .2
Level .2
Nemesis pensou por um momento e por fim teve a resposta que o grupo precisava.

- Sim, existe sim um templo sagrado e com forjas... Estamo no reino dos anões e devotos do deus da guerra, do fogo e das armas, existe uma catedral de aço não muito distante daqui, mas creio que esteja em poder dos Orcs. Eles parecem ter proliferado como pragas nesta região.

O Patrulheiro se aproxima de Chrystopher.

- Pelo que conheço dos rumores, desta região e do que conheço pelo fato de patrulhar esta área, O lugar possui chama verdadeira, mas despertará com as mãos certas. Co certeza o lugar reconherá sua existência de magia branca e das habilidades de forja do Anão Oakfire. Mas teremos que estar preparados para um ataque. Não sei exatamente o que os Orcs querem, mas seja o que for está por aqui nesta região.

Ver perfil do usuário

Meister Aoro

avatar
Administração OP
Administração OP




A resposta do Pecado da Ira, Akalato, foi brutal e até para a surpresa dela mesma seu poder foi além do que esperava. A bola de fogo realmente assumiu a aparência de uma salamandra flamejante, mas de chamas negras e isto assustou os Sabujos que, em uma tentativa de se salvar do pior, se jogaram para o lado mas de nada adiantou. O Patrulheiro fechou a face com os braços e o impacto da explosão foi sem igual, tornando solo, rochas e ar em cinzas.

Os dois sabujos cairam em solo apenas em ossos enegrecidos. Mas o inimigo ainda estavá de pé, envolto por uma aura dourada.

Patrulheiro: - Quem diria que eu iria ser salvo por um amuleto de Pandora....

Ele saira ileso de sua magia. Um amuleto de Pandora era a prova de que o perseguidor deles era mais do que parecia, era um devoto da deusa da noite e uma coisa Akalato e hako sabiam: adoradores da deusa da noite eram raros mas perigosos. A proteção de Hako envolveu Akalato em tempo da resposta do inimigo. Ele focou as duas bestas na Ira e disparou furiosamente uma rajada de farpas envenenadas. O tempo de resposta era pouco e ela teria que agir rapido.
.


Patrulheiro

Ver perfil do usuário http://overpower.ativoforum.com

Meister Aoro

avatar
Administração OP
Administração OP
[color=#666633]







Diante desta iniciativa, contra a deusa da noite, o grupo segue Nemesis para um lugar fora da cidade. A noite era tranquila, mesmo senod em uma região vulcânica e com forjas ativas de dia e noite. Após quase uma hora de caminhada, em mata e terreno montanhoso, eles encontram uma grande construção erguida na encosta de uma parede rochosa. Oakfire reconhece o lugar de seus estudos e histórias, era um dos primeiros templos em homenagem a Volcannus Senhor das Chamas. O templo se chamava Yggdrasil e assim que eles passam pela grande porta o lugar imediatamente se iluminou.

E Chrystopher também.

O piso encoberto pela terra, detritos e relva, se iluminoue do teto o som de cristais tocando e iluminando deu visão para eles. O lugar era enorme, com 6 colunas de cada lado das paredes e com uma forja artesanal entre cada duas. Logo tinham um total de 6 forjas no lugar. No fundo um altar com um Golem enferrujado a segurar uma imensa Claymore. O ser estava praticamente encoberto pela terra e mato, raizes por todos os lados, mas parecia inabalável ali, sentado em frente a um altar com uma entrada para uma sala ainda maior, a céu aberto, com uma grande forja. Era o templo que precisavam, o jovem mago branco podia sentir que aquele lugar tinha poder, mas um poder muito diferente. Era algo único e poderoso.

Chrystopher sentia o poder da deusa da luz, principal inimiga de Pandora. Mas tudo isso chama a atenção de algo nada agradável que, sem demora, sai da outra sala e se ergue diante deles. Um gigante da montanha.

Gigante: - Comida facil... mim com fome... Vocês lanche agora!

Ver perfil do usuário http://overpower.ativoforum.com

Alicia Han

avatar
Administração GM
Administração GM
Arthuria manteve a guarda todo o caminho e quando chegaram na construção sagrada,ela ficou surpresa.

- É magnifica....

Assim que entraram no lugar e ela viu aquela formas, construidas tão perfeitamente que o tempo não demoliu, ela volta sua atenção para o grupo e fica muda ao ver Chrystopher brilhar. Aquele lugar era para ele. Mas antes que pudesse comentar sobre tudo isso o gigante apareceu. Ela já lutara contra vários tipos de monstros, durante sua servidão ao exército. Imediatamente puxa sua espada e se coloca entre eles e o monstro.

- Realmente, nemesis, eu esperava Orcs e não gigantes!


_________________


Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 2 de 2]

Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum