Um mundo de aventuras, aonde o céu é o começo e não o limite. Bem vindo as Origens do Neoverpower.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

3ª Crônica de Val.Handras: Destinos Reescritos.

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 4 de 5]

Genesis OP

avatar
Administração OP
Administração OP
O membro 'Alicia Han' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'OverDice 6' :

Resultado :

Ver perfil do usuário

Yami~

avatar
Administração GM
Administração GM
- Pelo menos sou apenas metade elfa, infelizmente terei que carregar esta metade pútrida até o resto de minha vida.

*Suas palavras talvez fossem algo novo para o anão, sua gladiadora nunca tinha soltado tais palavras sobre quaisquer raças que encontrou ou sabia a respeito, isso poderia não soar muito ruim aos ouvidos do anão, afinal elfos e anões tinham seus desentendimentos naturais. Por mais que tivesse passado o tempo seu “dono” estava agindo de uma forma muito estranha.*

- Eu não preciso de uma estátua, já vi uma parecida comigo há poucas semanas atrás, atualmente creio estar em pedaços.

*Pelo jeito a mulher havia conseguido realmente dobrar o anão, para que ele fizesse o que ela queria, ao menos assim parecia, um homem cego pela beleza de uma mulher, antes de qualquer coisa que quisesse fazer talvez devesse lidar com isso primeiro, mesmo que seus próprios sentidos a dissessem para sair daquele lugar, devia muito ao anão*

- Acabo de chegar de uma viagem exaustiva e você quer que eu lute? Você mudou muito em minha ausência...

*Muda seu foco de visão apenas para o anão, agora agindo como se estivesse ignorando a mulher.*

- Apesar de ser monstruosa, parece que eu já vi esta fera em outro lugar...*falava consigo em um tom baixo*...ao invés da estátua eu posso ter um desejo concedido?

*Por um momento deixava seus olhos sobre a arena, quanto tempo não entrava realmente em uma, parece que depois de tudo o que passou, aquele lugar não era mais algo que a “portava”.*

- Qualquer um? Estátuas não estão lista de minhas necessidades ou prioridades, muito menos na sua, creio eu.

*Finalmente voltava a olhar a mulher, quando essa tocava no assunto da batalha contra a gula, não era uma pessoa normal ao saber daquele acontecimento, até mesmo Askharton não tinha este conhecimento, então julgara ela como mais um dos pecados.
A gladiadora removia sua lança das costas e fincava no chão com força, enquanto ajeitava os punhos e se aproximava da intitulada Marieta.*


- Gula, uma das mulheres mais bonitas que já vi, de certo modo posso agradecer a ela por me mostrar que a culpa que eu sentia na verdade era dela. E de uma forma, você não parece chegar aos pés dela, por que eu deveria lhe dar um espetáculo? Inveja?

*Falava mais baixo para que chegasse apenas aos ouvidos da mulher, suas palavras tinham um tom um tanto desafiador e provocante, sabia que não era a gula e estava realmente ligada aos pecados, quem mais para saber do que tinha acontecido naquele local afinal. Tinha uma sensação de que dificilmente o anão estaria sendo controlado magicamente, mas mesmo assim tenta ver se havia alguma magia no local, lançava o encantamento em um tom baixo, como se fosse mais um sussurro rápido.*

"Revele-se!"

(Magia detecção de Magia:  1 PM)


_________________

Ver perfil do usuário

Pem Bymy

avatar
Administração OP
Administração OP
A visão de Auron Dragonforce no local já havia feito Arkarina se armar. Não era surpresa para ela que aquele ser repugnante fosse responsável por aquela destruição. Porém, ao ouvir as palavras dele e a provocação, seu sangue gelou, a pele arrepiou. Seus pensamentos corriam a mil, tentando juntar os pedaços de informação. Poucos segundos depois de ela perceber a ligação, Nemesis confirmou: Auron era filho de Aragon!!! Mas como??? Como podia um senhor aparentemente tão bondoso como Aragon ter um filho como esse??

Porém, ela não deixou a confusão tomar seus pensamentos por muito tempo. Não iria cair na provocação. Ao ser questionada por Arthuria, apenas respondeu sem desviar os olhos dele

- Não tenho certeza... talvez.... - ela sacou a própria espada. Então voltou-se para Auron com um sorriso de escarnio no rosto. - Está falando desta espada, Auron?? Não seja tolo! Não acredito que um monstro como você seja filho de Aragon!!

Ao pronunciar o nome dele, um frio correu por seu estômago. Mas ela não deixou transparecer, Apenas continuou sorrindo e falando com o inimigo.

- Você não passa de um verme assassino sem controle! E se alguém vai provar algo aqui, sou eu! Vou provar que aqueles tolos que te prenderam erraram em te soltar - se é que não foi você que fugiu como uma barata que é!!

Vendo que todos se dirigiam para atacar o golem recém transformado em dragão, Arkarina posicionou a espada em ataque. Ainda não sabia exatamente o quanto a espada tinha melhorado, mas a conjuradora tinha confiança na arma. Correu em direção de Auron, se desviando da batalha, com a arma em punho.

Chegando próxima dele, pronta para desferir um golpe diagonal no limite do pescoço com o tronco, segundos antes de baixar a espada, Arkarina soltou parcialmente a mão direita da arma, deixando uma onda de energia negra sair de sua palma para o peito do rapaz, ao mesmo tempo que continuava a descer a arma contra o corpo dele.

-----

gastos pms para Ataque Múltiplo e Esfera Sombria
ps.: fiquei na dúvida se lanço 1 ou 2 dados... vou lançar dois, se for o caso de ser só 1, considera o primeiro rrsrsrsrs


_________________



Adeus, chefinho. Beijos gelados, não me liga.
Ver perfil do usuário

Genesis OP

avatar
Administração OP
Administração OP
O membro 'Pem Bymy' realizou a seguinte ação: Lançar dados

#1 'OverDice 6' :

#1 Resultado :


--------------------------------

#2 'OverDice 6' :

#2 Resultado :

Ver perfil do usuário

Fear

avatar
Level .2
Level .2
A dádiva de Aurora já luzia as suas costas quando o sol lhe castigava, mas ele estava comodo com isso pois tinha uma missão dado pela própria deusa e nada nem ninguém jamais o conseguiria parar, ele tinha uma missão, proteger, para isso estava ali.-"Obrigado minha deusa, não desapontarei sua confiança"- O Amuleto mistico Soulheart estava em seu peito refletindo a mesma luz , como se fosse a luz guia de seu destino, como paladino da Aurora o dia era a melhor parte da vida cheia de luz e calor, até mesmo a terra sob seus pés estavam quentes o suficientes para fritar um dragão...
Falando nisso ele se pega pensando em seu grupo, e emtudo que eles tinham em comum com a própria lenda da "Alvorada", tinham um meio dragão, um barbaro, clerigos,magos, combatentes, talvez o que faltasse era o gatuno, ou gatuna como na equipe de seus pais, como era mesmo seu nome? -"Har,Har,Har, Pata Negra, Har,Har,Har Nunca me canso... Har,Har,Har."-Lembrava das histórias de seu pai...

Ver perfil do usuário

Meister Aoro

avatar
Administração OP
Administração OP

Arkarina Kellers

Arthuria Behemont

Christopher Rhapsody

Thalia

Valandil - Chamas do Pecador

Nemesis WillField



A Minotaura Thalia teve tempo de se recompor, eal havia sido jogada para dentro de uma ferraria e muitas armas haviam caido sobre ela. O dono do lugar já havia fugido logo no inicio do combate, assim ela tinha a disposição muitas armas para poder usar.

Do lado de fora a batalha continuava.

Chamas do Pecador atingiu em cheio a face de aço de seu adversário e no meio das chamas Arthuria completou o ataque com um forte impacto, fazendo voar faíscas para todos os lados em seu redor. Mas ambos os ataques não foram o suficiente e logo veio o contra ataque do Dragão de Aço. Com um movimento furioso ele abre a boca e aplica uma devastadora mordida contra Arthuria, quase a partindo no meio. Ele sacode a cabeça e a joga com força contra uma parede, que se desmorona com o impacto, fazendo a soldado cair dentro da casa a qual ali estava. Em seguida ele se joga em um vôo poderoso para frente, atingindo Chamas do Pecador no meio do torax, e arrastando o meio dragão por vários quarteirões, destruindo tudo que tinha pela frente, inclusive o prédio que servia de base de ataque para os patrulheiros. No fim desta investida ele ergue vôo, mesmo sendo de aço ele ainda era um Dragão.

Logo atrás Arkarina entrara em combate, seu ataque foi veloz e grandemente efetivo. Sua magia de esferas negras atingiu ele em cheio, fazendo ele recuar para trás e abrir ainda mais sua defesa para receber impiedosamente os 4 ataques que ela conseguiu executar com sua velocidade. A cada corte, a cada impacto, mais e mais ela fazia aquele ser sangrar, mas ao mesmo tempo Arkarina sentia que algo nela estava se perdendo, se quebrando e ao dar o ultimo golpe, ela vislumbrou em questão de milésimos de segundo um sorriso na face de Auron.

Mas era tarde demais.

Arkarina recebeu o impacto de todos os seus golpes no mesmo instante. A dor lacerante foi sem igual, ela nunca sentiu algo assim emt oda sua vida. E no fim dos impactos ela foi jogada contra os escombros do prédio logo atrás. Caida ela pode ouvir o rugir dos dragões que lutavam ao fundo e o riso de Auron.

Auron - E ainda se diz discipula de Shion - O asa remendada, ão leu os livros? não ouviu as lendas? Não leu aquele misero diário deixado para você? Eu sou Imortal... Não posso ser morto. Nenhuma ferida pode ser feita em mim!

Ele caminha na direção dele, com as duas espadas arrastando no chão.

Auron - Sete pecados capitais, derrotados por sete heróis sagrados, portando as relíquias da alvorada... Vocês mataram a Gula, mas não foram capazes de matar a Ganância, a Luxuria e a Preguiça, sabe porque? Porque Pandora esta neste mundo... Acha mesmo que podem deter a era das trevas que se aproxima? Vou contar um segredo... Matei Aragon e vou matar você também..


Ele larga uma espada, fincando-a no chõa, se curva e agarra Arkarina pelo pescoço, erguendo ela no ar.

Aragon: - Isso mesmo... Matei meu pai a pedido de minha mãe... Hihihi.. Você não é heroína... Falsa maga e falsa espadachim...


Auron - O imortal
F 5 H 4 R 6 A 4 PdF 0 - Pvs 40/40



Dragão de Aço Negro
F 5 H 4 R 4 A 6 PdF 5 - Pvs 40/40

Ver perfil do usuário http://overpower.ativoforum.com

Alicia Han

avatar
Administração GM
Administração GM
Arthuria se levantou confusa, o impacto contra a parede a deixou desnorteada, fechando os olhos para clarear as ideias ela sai do buraco na parede e pula na rua. O Dragão de Aço estava em combate contra o Dragão Valandil, ou melhor, Chamas do Pecador e Arkarina estava em perigo.

- Thalia!!!

A Soldado Behemont grita o nome da Minotaura e ao mesmo tempo corre em direção a Auron, girando em uma valsa solitária para pegar mais impacto e desfere seu ataque máximo contra as costas dele para libertar a amiga.

- Valsa Sangrenta!


_________________


Ver perfil do usuário

Genesis OP

avatar
Administração OP
Administração OP
O membro 'Alicia Han' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'OverDice 6' :

Resultado :

Ver perfil do usuário

Pem Bymy

avatar
Administração OP
Administração OP
Ela nem viu como aquilo aconteceu. Num segundo, havia acertado todos os golpes com força tremenda e, no outro, a dor lancinante. Mal consegui formular um pensamento. Em segundos se viu levantada no ar e aquelas palavras vindas da boca do inimigo: "eu matei meu pai...." Parecia impossível que algo fosse doer mais do que as feridas em seu corpo.

Arkarina sentiu a alma se encher de uma fúria intensa. "É mentira..." - ela pensava e se forçava a acreditar nisso. Então ele era imortal. Não podia ser ferido. Isso não quer dizer que não podia ser detido. A conjuradora tentava desesperadamente pensar em uma solução para aquilo quando percebeu Arthuria se aproximando para o ataque

- Arthuria.... Não.... Pare....

De repente, algo veio em sua mente. Algo que não havia tentado ainda, tinha aprendido há pouco tempo. Não sabia se quer o que exatamente conseguiria fazer com aquilo. Sabia apenas do que a magia era capaz, mas entendia que cada conjurador a usava de maneira diferente. Mas não importava, tinha que tentar.

Concentrou toda a sua energia naquela conjuração. Torceu para que o que quer que viesse, fosse capaz de segurar Auron, detê-lo e prende-lo de alguma maneira. Juntou as pontas inferiores das palmas e as apontou para o chão.

- SumonnerHell!!!


_________________



Adeus, chefinho. Beijos gelados, não me liga.
Ver perfil do usuário

Genesis OP

avatar
Administração OP
Administração OP
O membro 'Pem Bymy' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'OverDice 6' :

Resultado :

Ver perfil do usuário

Meister Aoro

avatar
Administração OP
Administração OP

Arkarina Kellers

Arthuria Behemont

Christopher Rhapsody

Thalia

Valandil - Chamas do Pecador

Nemesis WillField



O aviso de Arkarina veio tarde. Arthuria acerta em cheio o inimigo, mas o som de rasgar de pele e jorrar de sangue não vem de Auron e sim vem de seu corpo. No mesmo instante a dor lacerante de seu ataque a joga para trás, contra os restos de uma barraca comercial na beirada da rua. Num ato de desespero a conjuradora espadachim Arkarinainvoca um de seus secretos feitiços. E a reação dela arranca uma reação de pavor de Auron.

- Você não ousas... Não!!!

No mesmo instante um imenso pentagrama se forma abaixo de Auron, o dia se torna noite e o calor do lugar da espaço para um frio mortal, gélido ao ponto de surgir camadas de gelo em cima de muitas coisas naquele lugar. Arkarina sente um latejar terrivel em seu coração e o vento que sopra no lugar faz, para sua surpresa, uma longa tira de eu cabelo deslizardiante de seus olhos: cabelos cinzentos de morte. No mesmo instante no céu surgiu uma lua negra com entornos rubro como sangue e o pentagrama emite um brilho sinistro acompanhado de gritos torturados e agonizantes. Auron e jogado contra o solo de joelhos e correntes negras surgem do solo, enroscando-o e começando a tragar ele para o fundo do solo aos gritos.

Mas o grito que se ouviu no lugar foi soltado de Arkarina, involuntariamente, pois acima de Auron estava um ser sinistro, esquelético com partes putridas de carnes em muitas partes, mantos feitos de pele humanas. Sobre o crânio, com olhos muito demoníacos a olhar para ela, haviam longos cabelos cinzentos como os dela. A cena se desenrolou por vários segundos até que os gritos sessaram com o desaparecimento de Auron dentro do pentagrama.

o vulto olhou para ela atentamente e tudo ao redor congelando rapidamente, como uma era glacial, até que finalmente ele murmurou, horripilante.

- 10 anos de vida agora não lhe pertencem mais... O Orgulho existe em todos e isto o torna imortal, somente a humildade poderá se equiparar a esta guerra negra.

O ser toca o chão com seus pés, mas a cada passo dado a imagem de milhares de almas sendo atormentadas surgem aonde ele pisou. Ele caminha até Arkarina e continua.

- Somente os 7 pecados podem ser derrotados pelas 7 virtudes: Castidade, Generosidade, Temperança, Diligência, Paciência, Caridade, Humildade... Mas para deter Pandora você terá que libertar os quatro guardiões de Aurora: Justiça - Fortaleza - Prudência - Temperança. O orgulho estava preso junto com Fortaleza, na masmorra abaixo desta cidade ela se encontra aguardando a liberdade. ...

E assim ela desaparece


Auron - O imortal
F 5 H 4 R 6 A 4 PdF 0 - Pvs 40/40



Dragão de Aço Negro
F 5 H 4 R 4 A 6 PdF 5 - Pvs 40/40

Ver perfil do usuário http://overpower.ativoforum.com

Meister Aoro

avatar
Administração OP
Administração OP

Koesharo Oakfire



A jornada de Oakfire foi solitária, durante a qual foi preenchida com batalhas e sonhos estranhos durante o descanso, até que finalmente avistou a grande montanha fronteira do reinado anão. As montanhas da forja. Mas o que o recebeu não foi festas de boas vindas e nem mesmo uma cena calorosa de alguém vontando para casa. Afinal de contas ele não era exatamente puro.

Ele era um mestiço.

E como tal não era bem vindo nem mesmo entre os Elfos e Anões. E foi esta hostilidade que o esperava. No alto da montanha acontecia uma batalha na cidade fortaleza, cujo era ponto de referencia para a entrada do labirinto dos mistérios. Um dos caminhos que levavam para o reino anão e, que diga-se de passagem, um dos mais perigosos. Conhecido entre os anões como o Labirinto do Dragão. No céu dois dragões se degladiavam e em uma determinada área o céu dava lugar a noite mais terrível já vista pelos povos da terra. Estava dia, mas sobre a cidade estava absurdamente posicionado a noite do sangue negro. E entre ele e a fortaleza que estava em batalha, havia um grupo de Goblins, ao todos 10, seguindo em marcha de batalha para a mesma cidade, sendo liderados por um Orc.

Iliyarashki - Rashi


A mulher abriu um largo e horripilante sorriso, que fez Rashi sentir a espiha esfriar na mesma hora. Ao conjurar sua magia de detectão o ambiente mudou na mesma hora. A plateia ainda continuava a gritar e a comemorar, mas era uma plateiamorta viva, urrando freneticamente presa em uma ilusão de vida. Veios negros de energia saiam de seus peitos e se agrupavam em grandes fluxos indo diretamente para a Criatura do Abism que não estava lutando, como a ilusão parecia fazer, mas sim estava devorando aquele fluxo todo!

E diante de Rashi estava outro morto vivo. O Anão, seu chefe, estava ali decompondo-se e caminhando na direção dela, mas agora portando um machado negro e que pingava um óleo obscuro. E a mulher agora estava ali, sem seu disfarce.

Cabelos longos até o chão, purpuras como o fluxo que matava a plateia naquele coliseu, com vestes antigas de uma civilização estranha, mas nas pontas dos cabelos haviam serpentes, inumeras serpentes. Os olhos dela eram dourados e sibilosos como uma serpente, iguais aos olhos do pecado da preguiça. Mas ao contrário de Sophytia, aquela era mais aterrorizante, pois ali havia um olhar de desejo e pose.

- Simmm.... isso mesmo... Ineja, Invejjo esta gritaria, esta vivacidade das lutas, invejo a ganancia deste anão, invejo a evolução desta espécie que é a humanidade, invejo sua existência por ser filha da Gula, mas não ser submissa a Pandora... Inveja é o que sou hahahahaha

Ela caminha em direção a Rashi e na mão da inimiga surge uma lança identica a da gladiadora.

- Invejo esta sua vida e sua força, invejo sua arma e sua gloria, invejo e por isso eu tomo e destrup... O que não é meu... Não será de ninguém! E desta vez Gula não vai me impedir de tirar sua vida! Eu seu Thesia - a Inveja do Mundo!

E ela ataca Rashi em um ataque veloz de impacto, com a intensão de jogar a gladiadora para dentro da arena, para a besta abissal e para a multidão morta viva.

Ver perfil do usuário http://overpower.ativoforum.com

Vaskes

avatar
Level .3
Level .3
Christopher estava ao lado do especialista em ataques à distância, inicialmente apenas observou o que seus companheiros faziam, tentava se manter mais a distância e não cometer os mesmos erros da batalha contra o pecado anterior, Gula era realmente poderosa e por sorte acabou sendo derrotada, apenas por uma imensa sorte e um imenso descuido da parte dela, TODOS haviam caído, um a um, e isso o lembrava de sua pequena caravana que foram devastados ao chegar nas terras dos orcs.

O combate começara de forma intrigante e assustadora, definitivamente a criatura que mais chamava a atenção era o gigantesco dragão moldado em metal e chamas, logo Chamas do Pecador e Arthuria fizeram seu movimento de forma estupenda, Arkaria não tivera a mesma sorte, assim como a Dama de Ferro em seguida, o garoto via elas caindo diante dele, apesar de tentar se manter frio e tentar analisar as coisas para tentar ajudar, não conseguiu pensar em algo certeiro, talvez Arkarina ja tenha percebido o que ele percebeu: Ataques físicos não faria o efeito desejado, havia algo de muito estranho naqueles dois, o golpe combinado de Arthuria e Chamas do pecador fora efetivo, mas por qual razão?! Magia?! Elas estavam feridas, não era tempo pra ficar parado pensando, suas mãos moviam-se, seus labios também, sua boca proferia os sons quase que automaticamente:
- "Spiritus caeli et terrae, invocato in auxilium tua virtute, acere sicut corpus et animae meae, potestatem..." - Uma luz branca toma conta do local, circulos magicos se formavam em luz pura como o símbolo da familia de Cristopher. - "Lux dominari quis vestrae. Rhapsody Summo Curationum!!! - A Cura Máxima dos Rhapsody, com isso poderia curar a distância todos os feridos, talvez isso o fizesse alvo de seus inimigos, mas estava distante o suficiente para realizar mais algum movimento e ainda assim ajudar seus companheiros, enquanto a magia estava ativa ele gritava: - Magia, defendam-se e usem apenas magia! - Sua teoria ia comprovada e talvez garantisse a segurança deles.

------------
2MPs gastos

Ver perfil do usuário

Genesis OP

avatar
Administração OP
Administração OP
O membro 'Vaskes' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'OverDice 6' :

Resultado :

Ver perfil do usuário

Marinah

avatar
Level .2
Level .2
Thaçia afasta-se daquela ferraria, ou armoaria, sejá lá como os povos chamavam aquilo, ela queria sóuma coisa: a cabeça do dragao!

- Vocês cuidar do imortal, eu querer dragão!

Como Chamas do Pecador estava sendo arrastado pela criatura e, pelo canto pode notar, Arkarina, Arthuria e Chrystopher com um bicho feio contra o Imortal, ela não pensou duas vezes. Correu bem rápido, saltou contra uma parede, depois uma casa e por fim uma torre e se jogou contra o Dragão de Aço, desferindo um ataque neste, para o obrigar a cair novamente.

- vai voar não.

Ver perfil do usuário

Genesis OP

avatar
Administração OP
Administração OP
O membro 'Marinah' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'OverDice 6' :

Resultado :

Ver perfil do usuário

Shirou

avatar
Level .2
Level .2
Ver aquela cena. Roberta fracassar no ataque, em seguida Arthuria e Arkarina serem alvejadas pelos seus próprios ataques, o Dragão de Aço arrastar o Dragão Lycan pela cidade causando um verdadeiro caos e por fim se deparar com aquela invocação maligna ao ponto de transformar o dia em noite, sem sombra de dúvida deixou o patrulheiro chocado.

- Quem diabos é este grupo?

O demônio imortal foi arrastado para longe das vistas do grupo por aquela aberração sombria que, com certeza, parecia ser a morte, fez ele prestar atenção no dragão de aço. Enquanto o curandeiro dava suporte e orientações acerca do uso da magia, ele imediatamente grita.

- Roberta, venha comigo... o Dragão de Aço é nossa prioridade.

Se virando para localizar o dragão, ele logo dispara suas flechas com toda sua concentração. para derrubar aquele monstro dos céus.

Ver perfil do usuário

Genesis OP

avatar
Administração OP
Administração OP
O membro 'Shirou' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'OverDice 6' :

Resultado :

Ver perfil do usuário

kamui

avatar
Level .3
Level .3
Valandil tinha sido arrastado e perdido o foco por alguns instantes, mas não, ainda não era o suficiente para derrotá-lo, não a ele.
Aproveitando o ataque da taurina, ele voa para cima e se joga voando descendo a toda velocidade entrando em chamas, como em um ataque de carga, um movimento de impacto o corpo dele contra o corpo do outro dragão...

-Você não fugirá da retaliação dos seus atos, seu pecado será punido...
Ele desce sobre o outro dragão em grande impacto como uma orbe gigantesca em chamas
ps: Outro pm Ataque +3

Ver perfil do usuário

Genesis OP

avatar
Administração OP
Administração OP
O membro 'kamui' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'OverDice 6' :

Resultado :

Ver perfil do usuário

Alicia Han

avatar
Administração GM
Administração GM
Arthuria se aproxima de Arkarina  tempo de ver a transformação do lugar e naquela coisa horripilante falar.

- Somente os 7 pecados podem ser derrotados pelas 7 virtudes: Castidade, Generosidade, Temperança, Diligência, Paciência, Caridade, Humildade... Mas para deter Pandora você terá que libertar os quatro guardiões de Aurora: Justiça - Fortaleza - Prudência - Temperança. O orgulho estava preso junto com Fortaleza, na masmorra abaixo desta cidade ela se encontra aguardando a liberdade. ...

A soldado Behemont volta sua atenção para a batalha entr o Dragão de ço, Thaçia e Valandill. Saber que havia uma força extra, para ajuda-los contra Pandora, era animador e muito mais valioso do que imaginara. Porém deixaria aquela decisão para depois. Ela olha para Chrystopher e sua dica sobre usar magia. Ela não era maga, ela era um soldado de armas, logo diz:

- Muito bem Chrystopher, se magia é o que precisamos, magia é o que teremos.... Suporte-me!

Ela sai correndo em disparada e assim que atinge uma velocidade desenfreada se joga também contra  o DRagão de Aço, esperando sua lâmina ser abençoada pelo jovem e amigo curador.


_________________


Ver perfil do usuário

Genesis OP

avatar
Administração OP
Administração OP
O membro 'Alicia Han' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'OverDice 6' :

Resultado :

Ver perfil do usuário

Yami~

avatar
Administração GM
Administração GM
*Era como estar dentro de um pesadelo, ou quem sabe realmente estava em um, só que muito real para estar apenas dentro de sua cabeça, teve até mesmo a sensação de que se quisesse gritar sua voz não sairia, toda a visão daquele ambiente a deixava por um momento perdida, confusa, talvez um pouco até mesmo de medo, não sabia dizer se era uma ilusão ou era a verdade que estava vendo diante seus olhos, apesar de que por utilizar sua Detecção de Magia, dificilmente seus olhos estariam errados no momento, sabia que não estava sobre nenhum efeito mas seu corpo não se mexia como se estivesse presa ou sendo segurada por outro ser ou força.
Talvez tivesse sido melhor não voltar mesmo para Minoriah, pelo menos não estaria nessa situação, diante seus olhos se revelava não apenas o que parecia ser uma górgona, mas sim um dos pecados, se os outros que já enfrentaram estava sempre em grupo, e foram tarefas difíceis, agora estava sozinha, quais eram suas chances de ao menos continuar viva?*


- ...

*Palavra nenhuma saia pela sua boca, mesmo que quisesse, realmente diante dela estava a Inveja, assim como tinha imaginado, só não esperava ser uma descoberta que a desse tanto temor. E provavelmente ficaria imóvel se não fosse as próprias palavras do ser, ganância de seu dono? Arkarthon podia realmente ligar muito para dinheiro, mas não era só isso, para Rashi foi ele que a salvou, mesmo sendo colocada em uma arena, toma isso como um ensinamento, para lutar com tudo pela sua vida, mas nem era isso o principal ponto, ela...filha da gula? Carregava seu nome, genes, aparência, talvez até mesmo alguns modos de se portar ou tratar outros, somente a mera menção destas palavras era o suficiente para ferver o sangue de Rashi, ela não escolheu ter o pai que tinha, amaldiçoava seus genes élficos, e gostaria muito mesmo de acabar com tudo aquilo. Boa parte de sua razão e compaixão ou mesmo preocupação para os afetados naquela arena era bem reduzida se comparada com a raiva que começava a fervilhar dentro de si, o suficiente para sua voz voltar a soar, embora que não demonstrasse exatamente o que estava sentindo, e sim parecia uma voz sem vida, mecânica, sem qualquer emoção.*

- Você me inveja? Inveja da parte podre de meu sangue que veio por causa da própria Gula? Inveja da minha metade elfa? Se não fosse pelo fato de minha vida acabar talvez eu lhe desse, mas nunca...NUNCA...mais me compare a ela!

*Em sua última frase não era apenas o tom de voz que havia aumentado, como também o calor em seu corpo, algumas faíscas começavam a tomar brilho em seus olhos transformando aqueles tons de azul e amarelo em escarlate, vermelho, suas pupilas pareciam estar em chamas, ainda conseguia pensar, mas estava praticamente tomada pela raiva, era terrível ver que novamente pelo fato de ser “ela” havia afetado outras pessoas, e cada vez mais detestava sua existência, ou a existência dos elfos por tabela.*

- Eu não sou mais uma gladiadora para poder pisar na arena.

“Força Divina Provida dos Elementos;
Potência Inquebrável da Alma ;
Tempestade incandescente das profundezas, escalde a linha da vida, arda, inflame, consuma!
Ignis Auri.”


*O encantamento era conhecido, ao menos para outros magistrados em magia elemental, ou seres considerados mágicos, poderiam imaginar de qual magia se tratava. Podia ser visto um fluxo de energia avermelhada ao redor do corpo de Rashi chegando até o chão mas não parecia acontecer nada no momento, a energia parecia desaparecer ao tocar o solo. No avanço da oponente que Rashi cerrou o punho direito, quatro...não...cinco hastes de fogo levantaram do chão, ao menos era o que parecia à primeira vista, mas na verdade era uma mão, criada pelo fogo da magia que a mulher havia acabado de invocar, estaca copiando o movimento de Rashi e iria se fechar com o pecado em seu interior.*

(Magia Força Mágica – Fogo, 10 PMs – F=5, rolando o dano caso segure ela F + 1d6)


_________________

Ver perfil do usuário

Genesis OP

avatar
Administração OP
Administração OP
O membro 'Yami~' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'OverDice 6' :

Resultado :

Ver perfil do usuário

Vaskes

avatar
Level .3
Level .3
Dia virava noite, sua técnica fora utilizada para restaurar seus alidados de suas feridas, seu palpite ainda estava para ser provado, porém uma parte de sua equipe não tinha as qualificações necessárias para utilizarem as artes arcanas e ele sabia disso, por isso se viu numa tarefa simples, garantir que eles tivessem tal poder, com a sugestão quase imposta por Arthuria que avançava em meio a aquele caos que era a batalha entre dois dragões e o campo de batalha negro e bizarro.

- Espirito purificatorium - Christopher estende sua mão direita, a esfera de seu cajado brilha intensamente e letras aparecem ao seu redor. - Cœlestis potestatem servum suum - As letras aparecem nas armas de seus aliados. - Ut apud nos, uti potestate mundare daemones! - As armas se embebem em luz purificada. - Sanctus Defensionem!!!

As armas (e corpo [presas e garras do dragão]) de seus aliados ficam abençoadas pelo poder do elemento Luz.

---------------
1 MP para cada aliado (Total de 5) + Dano adicional das armas

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 4 de 5]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum