Um mundo de aventuras, aonde o céu é o começo e não o limite. Bem vindo as Origens do Neoverpower.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ficha de personagem

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Ficha de personagem em Dom 7 Set 2014 - 15:39

Yukimaro

avatar
Administração GM
Administração GM
Postem aqui mesmo as fichas, e irei aprovar separadamente. Para acessar informações do sistema, clique AQUI




Ficha de personagem

Nome:

Idade: 

Raça:

Nível:

Experiência:

Aparência (imagem e descrição):

Jennys: 

Categoria NEN: --deixar em branco--

Personalidade:

Curiosidades:

Atributos: 

Constituição (CON): [00]
Força (FR): [00]
Destreza (DEX): [00]
Agilidade (AGI): [00]
Inteligência (INT): [00]
Força de Vontade (WILL): [00]
Percepção(PER): [00]
CARISMA (CAR): [00]

IP(índice de proteção): --Inicialmente em branco, depende de armadura, arma e poder.--
Combate desarmado: (1D3+ FR/2)

PVs (Pontos de vida): [00] = (Fr+CON/2 arredondando pra cima)
PEs (Pontos de energia): [00] = (CON+WILL/2 arredondando para cima)

Aprimoramentos:

Aprimoramentos Negativos:

Perícias:

Itens:

Background:





Ver perfil do usuário

2 Re: Ficha de personagem em Seg 15 Set 2014 - 15:55

Vaskes

avatar
Level .3
Level .3
Ficha de personagem

Nome: Edward Von Crimson

Idade: 20

Raça: Humano

Nível: 01

Experiência: [00/100]

Aparência: Anda com um dobretudo perto com tons de vermelho que combinam com suas caracteristicas fisicas adquiridas geneticamente, útil para esconder sua arma.

Edward Von Crimson:

Jennys: 500.000

Categoria NEN: --deixar em branco--

Personalidade: Calmo e calculista, pouco impulsivo, prefere analisar bem todas as circunstâncias antes de agir, aprendeu a ser independente desde criança, sempre atrai olhares para si por sua personalidade forte e carismática, por isso com apenas um sorriso gentil, as vezes manipulado, pode fazer qualquer um se abrir com ele, em troca ele pode se abrir com as pessoas também, mas por alguma razão, sempre deixa com que os outros tentem desvendá-lo, por sua perspicácia, é difícil que o enganem, por isso não se importa em ficar junto à estranhos desde que ele veja que é necessário.

Curiosidades: Sua família inteira possui características genéticas únicas, sendo elas a combinação perfeita de cores de seus cabelos e olhos carmesim.

Atributos:

Constituição (CON): [07]
Força (FR): [14]
Destreza (DEX): [12]
Agilidade (AGI): [20]
Inteligência (INT): [17]
Força de Vontade (WILL): [20]
Percepção(PER): [10]
CARISMA (CAR): [10]

IP(índice de proteção): --Inicialmente em branco, depende de armadura, arma e poder.--
Combate desarmado: (1D3+ FR/2)

PVs (Pontos de vida): [10] = (Fr+CON/2 arredondando pra cima)
PEs (Pontos de energia): [15] = (CON+WILL/2 arredondando para cima)

Aprimoramentos:

Aceleração(+1)
Genialidade(+1)
Memória Expandida(+1)
Pontos de Vida Extras(+1)
Inocência(+2)
Mestre(+1)

Aprimoramentos Negativos:

Aversão à armas de fogo(-1)

Perícias: (200 + 90)

Manipulação (Manha) -30%
Manipulação (Lábia) -30%
Furtividade -51%
Esporte (Acrobacia) -51%
Esquiva -51%
Pesquisa -52%
Artes (Culinária) - 25%


Itens:  Foice Von Crimson, Muda de roupas, Suprimentos alimentícios, Kit de primeiros socorros.


Background: A Família Von Crimson era uma família rica do ponto norte do continente, sua riqueza vinha de diversas empresas portuárias que estavam sob seu comando, um conjunto de hospitais de alta complexidade, a família rege secretamente a criação de armas de combate feitas por artesãos muito habilidosos, sendo uma parte grande de sua fortuna oriunda do governo do Estado. A mansão era cheia de serviçais que eram tratados com tremenda informalidade, pois eram como parte da família, sua fidelidade era inquestionável. A residência da família Von Crimson era grande não só por luxo, mas a família de 6 irmãos e irmãs moravam todos juntos com seus respectivos cônjuges, após a morte do governante, o mais velho e apto filho assumiu o cargo, e logo teve seus filhos, os dois primeiros eram um casal, gêmeos bivitelinos (Georg e Elizabeth), três anos depois mais uma filha (Hanna), e cinco anos depois o último filho, Edward, Ann a mulher do Governante Alexis, faleceu poucos anos após seu último parto por uma doença sanguínea rara. Assim como aconteceu com seus irmãos, Edward fora criado sob supervisão de diversos mentores, cada um voltado para uma função especifica, entre os estudos acadêmicos e seus treinos diários de combate, ele gostava de pegar livros e lê-los em poucos momentos no meio do imenso jardim de rosas, símbolo de sua família.
Durante toda sua infância o garoto mal via seu pai pois ele vivia para seu trabalho, por isso era praticamente criado pelos serviçais da família e seus irmãos, sendo a mais presente Elizabeth, apesar da diferença de oito anos, os dois tinham uma conexão sobrenatural, suas personalidades e gostos eram realmente muito parecidos e sempre que podiam andavam juntos. Os tutores eram separados para cada um dos filhos do governante, e os moldavam de acordo com suas características únicas, o mesmo tutor jamais ensinava outro membro da família Von Crimson, sendo um dos mais influentes entre eles Sebastian o mais sábio e Damon o mais forte, os dois eram os únicos que tinham a permissão de lecionar para qualquer membro da família, e era exatamente o que acontecia, além de ser um mestre na arte do combate, Damon, também era um exímio Ferreiro, ele literalmente esculpia armas de combate com perfeição, e quando os filhos de Alexis atingissem os quinze anos, eram concedidas à eles uma arma ou equipamento especifico de acordo com a personalidade de cada um, este também era um ritual de passagem feito dentro da família por diversas gerações da ramificação principal.
Pouco tempo depois cada um decide sair da mansão e seguir seus caminhos, o único que permaneceu lá fora Edward que prossegui em sua rotina de aprendizagem, quando o dia de receber a arma que lhe representasse, apenas Elizabeth aparecera, ele havia recebido a Petal Scythe (Uma foice com detalhes peculiares onde ela se desmembrava para ser carregada de forma furtiva e uma corrente presa em sua extremidade que era manuseada pela mão esquerda, tendo em sua ponta um peso em forma de lâmina, e alguns detalhes semelhantes à pétala de flor) e a marca do emblema de sua família tatuada em seu braço esquerdo, sua irmã lhe parabenizou e na mesma noite foi embora novamente, desde então ele começou a praticar o manuseio de sua arma com o mestre que a forjara. Quatro anos depois o garoto acorda ao som de gritos aterrorizantes, ele meio sonolento sai de seu quarto e caminha até o Hall de entrada ele se depara com os corpos de diversos criados ao chão retalhados, surpreso ele ouve alguns gritos vindos de uma passagem lateralizada que leva ao subsolo, descendo o garoto cai de joelhos, suas pupilas se dilatam, seu coração bate ferozmente. Uma pressão no ar quase o incapacitava de respirar, ele se levanta e sua visão fica turva, quase não consegue enxergar o que estava à sua frente, sua irmã Hanna aparece à sua frente e o abraça gritando para não olhar, a frase foi o suficiente para ele se virar e ver seu pai chegar e ser cortado até a morte,  no centro de um pequeno salão, uma espécie de altar com pedaços de corpos, logo em seguida seu mestre de treino chega do outro lado do salão porém o garoto sente a ponta de uma lamina em seu peito, Hanna cai ao chão sangrando, uma lamina havia atravessado seu peito, logo antes do garoto desmaiar ele consegue ver algumas características dos assassinos que iam se aproximando, o que mais se destacava era o dragão tatuado em cada um deles e quando já não conseguia mais ver nada, vozes muito familiares ecoavam pela sala, e por sua mente. Na manhã após o enterro de seu pai e de sua irmã, ele retorna para a mansão e descobre que nenhum de seus irmãos havia voltado, e não só isso, mas seu tio havia tomado o poder e mudado a sede de governo para o outro lado da cidade e toda a família havia seguido o novo governante, apenas os mais fiéis serviçais haviam ficado na mansão, assim como Sebastian e Damon. Desde então ele fora treinado no combate com sua arma para desferir golpes fatais com velocidade e destreza, e não com a força bruta, sua lamina já fazia parte de seu corpo, e cinco anos depois, ele juntou algumas coisas em uma bolsa, desmembrara sua arma escondendo-a em suas vestes e saiu da mansão, ao sair ele encontra seus tutores, que lhe deixam sair sem dizer uma palavra se quer, naquele momento ele estava decidido a encontrar seus irmãos e aqueles que haviam assassinado seus familiares e amigos, o meio conhecido para atingir tal objetivo era se tornar um Hunter e ter acesso à informações secretas e a um grande poder, ele não era movido à vingança em si, mas pelo senso de justiça, ele jogou sobre si o dever de punir os criminosos.

Von Crimson Family Emblem:

Hanna, Georg e Elizabet  Respectivamente:
Os Von Crimson:



Última edição por Yukimaro em Qua 3 Jun 2015 - 12:07, editado 6 vez(es) (Razão : Deixando de acordo com o solicitado.)

Ver perfil do usuário

3 Re: Ficha de personagem em Qua 17 Set 2014 - 19:19

Yukimaro

avatar
Administração GM
Administração GM
Cara, Há algumas inconsistências na sua ficha. Admito que a culpa foi minha, por isso vou ajudar como puder.


Criei um tópico para NPCs e exemplos de como fazer a ficha, dê uma passada lá para ver se consegue compreender melhor a ficha. E desculpe: o erro foi realmente meu, larguei três sistemas na mão de vocês sem boas explicações.


http://overpower.ativoforum.com/t108-modelos-de-ficha-e-npcs



Qualquer dúvida, use  off-topic ou me envie mensagens !



Última edição por Yukimaro em Qui 18 Set 2014 - 18:22, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

4 Re: Ficha de personagem em Qua 17 Set 2014 - 21:26

Shinseiber

avatar
Level .1
Level .1
Ficha de Personagem

Nome: Yahiko Ryuu Drake (Drake)
Idade: 23
Raça:  Humano
Nível:  [01]
Experiência: [0/100]

Aparência: Possui cabelos escuros e lisos, cerca de 1,80 m de altura, utiliza sempre um tapa-olho sobre seu olho direito (que é cego), possui porte físico mediano, costuma usar sempre roupas e armaduras azuis, com estilo oriental.

Drake:

Jenny: 500.000

Personalidade: É uma pessoa sensível e nervosa em questão de ser fácil de se irritar, demonstra interesse somente naquilo que lhe agrada, debochado e sobretudo, responsável e leal.

Não permite que as pessoas que gosta saiam feridas de qualquer maneira em qualquer situação, possui o receio em mostrar qualquer conflito e dificuldade que possua para qualquer pessoa que seja.

Possui uma grande timidez quando algo se trata à Saaya, tendo uma dificuldade colossal em lidar com seus sentimentos.

Curiosidades:
- Sua personalidade muda drasticamente quando Saaya está por perto, chegando a assustar todos que estão perto (com exceção à garota, que deve gostar do coitado afinal)
- Possui uma grande facilidade com espadas
- Possui um estranho talento como contador de histórias e com desenhos, fazendo com que as pessoas se impressionem com o menor fato possível.
- Sonha que com um dia, suas histórias sejam contadas para as pessoas, de maneira que ele saia e veja crianças brincando com bonecos dele (sim, ele é estranho mesmo)

Atributos (100):

Constituição(CON) [10]
Força (STR) [12]
Destreza (DEX) [18]
Agilidade (AGI) [12]
Inteligência (INT) [12]
Força de Vontade (WILL) [20]
Percepção (PER) [07]
Carisma (CAR) [09]

IP (Índice de Proteção)

Aprimoramentos

Aceitabilidade (racial): humanos são aceitos com mais facilidade pela sociedade.

Imunidade à venenos - 3 pontos: resistência natural contra venenos de qualquer ordem

Senso Numérico - 1 ponto: o Personagem é capaz de contar imediatamente
grande quantidade de objetos, com muita precisão.

Sono Leve - 1 ponto: Capaz de acordar com qualquer movimento brusco ou agitação ao redor. Muito bom para os que não querem ser pegos de surpresa durante o descanso.

Talento 1 ponto: Desenho

Aprimoramentos Negativos

Defeito Físico (-1) - Cego de um olho, testes de visão serão dificultados, não tem muita noção de profundidade.

Perícias (200 + [5 * 15] = 260)

Armas Brancas (espadas) 50%
Condução (navios cargueiros) 35%
Condução (veleiros) 25%
Mecânica 25%
Manipulação (empatia) 21%
Manipulação (intimidação) 24%
Negociação (burocracia) 30%
Jogos (tabuleiro) 20%
Medicina (primeiros socorros) 30%

Itens

Background:

Background:

Drake era filho de um vendedor, vivia relativamente bem e após trabalhar com seu pai durante um tempo, juntou o dinheiro que havia economizado e comprou um barco para viver (ainda jovem) de entrega de mercadorias, como vivia em uma região cercada de bandidos, eventualmente defendia com afinco o seu navio, enfrentando cada pessoa que tentasse lidar com o seu negócio, ficando reconhecido regionalmente, era confundido com um pirata, pelas experiências de luta e pela forma como vivia. Desde então, passou a morar no barco em que comprara. Possuíam amigos que trabalhavam juntos com ele e vivia dia após dia viajando. "Malditos, se vocês tivessem que me plantar uma árvore por cada coisa boa que eu já fiz para vocês, teríamos uma floresta", dizia ele ao tom de brincadeira.

Em um de seus negócios, ele foi fazer uma entrega de armaduras para um castelo de uma província que estavam com receio das criaturas mágicas que começaram a fazer aparições mais frequentes no território. As pessoas comentavam desde criaturas fantásticas até de um suposto ataque de um único homem, que era um criminoso de Classe A que devastava de região a região em procura de um tesouro lendário.

O navegante conheceu Saaya, a princesa local, que logo chamou a sua atenção pela sua beleza, enquanto ele realizava a entrega, ela confirmou que os boatos eram verdadeiros porque ouvia seu pai falando sobre o criminoso, então ela pediu que tomasse cuidado, pois o clima na região era de tensão.

Ao voltar para o seu navio ancorado em uma região próxima à cidade, ele pretendia alertar aos seus amigos mas era tarde demais, todos estavam mortos na parte de fora da embarcação pelas criaturas mágicas, e fora, estava um misterioso homem, com um manto encapuzado que cobria todo o seu rosto. Ensandecido, Drake imaginava que aquele era o criminoso e sem pensar suas vezes, avançou contra ele. Mas o criminoso não se mexia e exalava uma pressão muito forte, sem saber o que era, apenas ajoelhou-se com o misterioso poder e se pôs a ouvir o que ele tinha a falar.
-Drake, onde está a outra parte do mapa?
-Mapa? Do que está falando seu miserável!? Como diabos você sabe meu nome e quem é você?
-Você não está em condições de manter essa boca suja, você realmente não sabe?
-Você acha que realmente diria se soubesse?
-Por causa dessa atitude, nosso pai não te deu a outra parte.
-"Nosso"?

Drake descobriu que o criminoso era seu irmão, que foi embora junto com as bestas sem falara absolutamente nada, criando uma imensa parede de gelo que impedia a travessia. Saaya que estava cuidando de um jardim próximo região, chegou antes de todos e viu que haviam túmulos improvisados e Drake sentado, incrédulo.

Ao descobrir o que aconteceu, ela descobriu e revelou que o que o criminoso buscava era uma espada lendária de origem desconhecida, capaz de dividir uma nação inteira ao meio se manejada, talvez aquele que a possuísse poderia ser o governante do mundo, o pai de Drake já comentara isso com ele, mas pensava que era só uma história infantil. Ela contou que o seu pai havia pego a metade do mapa, para proteger de seu primogênito que havia ficado louco. Seu pai não sabia mais nada, mas talvez o de Drake saberia, pouco importava para ele na hora, havia perdido os seus amigos para seu irmão que nem conhecia e futuramente saberia que seu pai haveria morrido da mesma maneira.
Apenas se mantia em silêncio, sem saber o que fazer, sem saber o que dizer, sentia que por sua culpa os seus amigos haviam morrido, estava vazio agora.

Então Saaya deu a ele umas sementes de girassol, dizendo: "Seus amigos não gostariam de te ver triste, plante isso em frente a eles, então quando você for visitar eles, terá algo alegre que vai diminuir um pouco sua tristeza". Em seguida ele devolveu em voz baixa: "Assim, pagarei por cada coisa boa que eles me fizeram, obrigado". Depois algumas pessoas chegaram e descobriram o que havia ocorrido.

Drake permaneceu na província por um tempo, tentando descobrir informações a respeito da espada junto de Saaya, a paz havia retornado ao local até que um dia descobriu que o castelo onde a princesa vivia fora invadido, destruindo o castelo por inteiro, os hunters da região conseguiram impedir os monstros, mas todos falharam em tentar capturar o encapuzado. Ele deixou uma ameaça formal de morte ao irmão e disse para encontrá-lo quando fosse forte, pois não queria matar um guerreiro sem valor e sem a parte do mapa, decidiriam o destino da espada sagrada em um duelo, assim que conseguisse o pedaço restante, o encapuzado apareceria de novo. Caso Drake não o fizesse, o criminoso mataria Saaya.

Com a finalidade de proteger ela, o navegador saiu da província, com o objetivo de se tornar Hunter, pois essa seria para ele a única forma de encontrar a parte perdida do mapa, recuperar a espada lendária e salvar Saaya.

"Não deixarei que aquele idiota faça o que quiser! Aguarde e logo ficarei forte, ma' sweet honey!!!" - Pensativo com relação à garota, ele não mudaria seu jeito de ser.



Encapuzado:
Saaya:



Última edição por Shinseiber em Sab 11 Out 2014 - 8:31, editado 3 vez(es)

Ver perfil do usuário

5 Re: Ficha de personagem em Seg 22 Set 2014 - 18:13

Yukimaro

avatar
Administração GM
Administração GM
Eu irei analisar as fichas, mas peço para verifiquem no off topic. Para não poluir o local das fichas.

Ver perfil do usuário

6 Re: Ficha de personagem em Qua 1 Out 2014 - 21:04

kamui

avatar
Level .3
Level .3
Ficha de personagem

Nome: Shakugan no Ryuzaki ( inscrito como Ryuzaki Gray)

Idade: 21

Raça:Humano

Nível:1

Experiência:
Spoiler:

Aparência (imagem e descrição): 1,63m de altura 60Kg sem armadura, Olhos vermelhos e cabelos dourados se veste de forma simples e prática.

Jennys:

Categoria NEN: --deixar em branco--

Personalidade:Sempre Alegre e expressivo, muitas vezes considerado um rebelde,não gosta de abusos ou autoridades, todos tem o direito de serem livres, gosta de fazer novas amizades, conhecer pessoas, principalmente por quase nunca ter saído de sua mansão, não sabe se portar muito bem em publico e não liga muito pra regras, na verdade muitas vezes as quebra sem querer por empolgação, prefere deixar assuntos muito complexos para a família resolver ou deixar que se resolvam sozinhos, porém depois do desaparecimento de seu irmão mais novo, vem tentando ficar mais responsável e correr atrás de seus objetivos.

Curiosidades:Todos os herdeiros e os primogênitos de cada família possuem os olhos das cores de seus respectivos elementos, vermelhos no caso de Ryuzaki. Ao alcançarem a maioridade uma tatuagem de dragão aflora em seus corpos como um rito de passagem.

Atributos:

Constituição (CON): [15]
Força (FR): [12]
Destreza (DEX): [10]
Agilidade (AGI): [15]
Inteligência (INT): [15]
Força de Vontade (WILL): [20]
Percepção(PER): [15]
CARISMA (CAR): [08]

IP(índice de proteção): --Inicialmente em branco, depende de armadura, arma e poder.--
Combate desarmado: (1D3+ FR/2)

PVs (Pontos de vida): [14] = (Fr+CON/2 arredondando pra cima)
PEs (Pontos de energia): [18] = (CON+WILL/2 arredondando para cima)

Aprimoramentos:
Sábio :1(Furt)
Corpo Maleável :1
Arte: 1 (Escapismo)
Vontade de Ferro :2
Sentidos Aguçados Visão: 1
Ataque paralisante: 1
Poder Oculto :1

Aprimoramentos Negativos:
Aversão a armas de fogo - 1
Identidade Secreta - 1

Perícias:
*Artes - Escapismo:15/50% (Agi)
*Ciencias :
Anatomia:...............15/20% (Int)
Fisica:....................15/20% (Int)
Herbalismo:.............15/30% (Int)
Psionicismo:.............15/30% (Int)
*Condução - Moto: 15/40% (Agi)
*Artes Marciais - Kung-fu:50%/Esquiva:50% (Agi)
Furtividade:90% (Agi)
*Jogos - Tabuleiro: ..15/30% (Int)
*Manipulação:
Interrogatório:..........15/30% (Int)
Intimidação:.............20/40% (Will)
*Manobra de combate - Luta as cegas (20)
Pesquisa:................15/30% (Per)
Procura :................15/30% (Per)
Rastreio :................15/40% (Per)

Itens:Futura Tatuasgem mística de Dragão
Spoiler:

Background:

Primogenito da família Shakugan levava o nome e o legado da família nas costas,até o nascimento de seu irmão mais novo,Yuji que nascera sobre as asas do dragão dourado.
Desde pequeno fora instruído para ser o herdeiro do Dragão vermelho, aos 2 anos de idade já falava e compreendia sendo assim instruído sobre a história das 5 grandes famílias, cada uma representando um elemento.

Aos 3 anos começara a treinar com seu pai,suas habilidades únicas afloravam cada vez mais,porém, algo inusitado acontecera, seu irmão nascera com os olhos dourados, a marca do líder dos Dragões, aquele que comandará as 5 familias durante este século. Apartir daí a vida como ele conhecia mudou drasticamente.

Seu pai não o treinava mais pessoalmente, seus treinamentos eram supervisionados por terceiros,mal  via seus pais, foi mandado para uma mansão secundária, um internato,  onde os filhos mais novos, os bastardos, e de ramos secundários  da família eram mandados.

Aos 5 anos suas habilidades estagnaram, parou de se dedicar tanto, queria ficar com seus pais e queria voltar pra casa, afinal ele era um herdeiro e não um segundo filho, foi então que conheceu sua meia Irma, uma bastarda, de um dos casos de seu pai que tinha sido assumido recentemente, Asha Gray, ela era 3 anos mais velha que ele, muito mais madura e decidida.

Asha crescera com a mãe, que tinha pouco ou praticamente nenhum recurso para lidar com os poderes ou até mesmo alimentar Asha, e quando ela tinha a mesma idade que ele sua mãe ficara muito doente e pedira ajuda ao Shakugan finalmente, a principio se recusaram fazendo com que Asha e sua mãe passassem muitas necessidades durantes os próximos 2 anos, foi com  sua mãe em leito de morte  que os representantes da família a levaram para a mansão custiando seus custos.

Ela era Dura e rígida com os treinamentos e lições, mas cuidava dele e ajudava-o nos treinos e nas suas lições,exigia e protegia, ela também possuía o dom da família e o ar se inflamava quando ela passava. Algo muito raro em bastardos e até em segundos filhos.
 
Passou a conviver no internato, entre várias rebeliões e confusões com sua irmã,mas foi aos 8 anos que decidira fugir do internato e parar de viver as custas de seu ingrato pai, decidira ir lá para mostrar seu atual poder e o quanto tinha progredido mostrar ao pai que era digno de ser o herdeiro, o pai achou isso interessante e decidiu fazer uma pequena disputa entre os dois, Ryuzaki achara a idéia injusta a principio, porém o pai disse que isso não era importante, apenas o poder mostraria a verdade.

A luta durou menos de 1 minuto, ele tinha sido dominado e vencido, seu pai ria e parabenizava seu caçula, enquanto ele era arrastado para fora da casa, de volta ao internato, após suas feridas se  curarem juntou suas coisas e fugira novamente, mas desta vez Asha fora com ele, passou os últimos 3 anos nas ruas criando seu próprio negócio de entregas .

Em uma das entregas descobriu que um dos usuários de sua empresa  era seu próprio irmão que contrabandeava a riqueza da familia e coisas da mansão para  outros lugares, Ao saber disso foi tirar satisfação e descobriu que ele contrabandeava comida e distribuía escondido pessoalmente, após isso estabeleceu uma relação de amizade com ele, e começaram a partilhar uma época abundante de amizade entre os irmãos.

Os 3 saiam juntos e as vezes treinavam juntos, eles passaram a ser inseparáveis, agora ele entendia por que o pai escolhera Yuji como sucessor, afinal, ele possuia um brilho próprio e um jeito que conquistava a todos ao redor, decidiu seguir o irmão independente de tudo, essa era a primavera de sua vida, começou a prosperar e entrar no ramo de pesquisas, se mostrava dado ao ramo da ciência,    
A partir deste ponto com visão de mercado viu que a família Shakugan possuía Grandes recursos em alimentos, além de grande parte serem das forças especiais ou militares. Isso despertou seu interesse, pois era algo oculto da do senso publico e até da própria família dependendo do ramo.

As 5 familias estavam envolvidas em  mais coisas alem de poder militar e bélico, eles controlavam bens de consumo e até políticos e cargos influentes em vários outros países, os Shakugan sempre foram donos de valorosos exércitos, normalmente comandados por segundos filhos e primos da família  central, o orgulho da família são seus próprios corpos e mentes.

Yuji tentou auxiliá-l0 nas investigações, mas quando começou a investigar as outras famílias, a mansão Shakugan sofrera um atentado onde seus pais e seu irmão foram dados como desaparecidos, agora ele e sua irmã tentam conseguir meios para investigar e acessar documentos aos quais não possuem acesso, Para conseguirem apenas a licensa Hunter podem fornece-las, estão em uma corrida contra o tempo."

Ryuzaki e Yuji Shakugan
Spoiler:


Asha Gray
Spoiler:



Última edição por kamui em Qua 15 Out 2014 - 23:05, editado 7 vez(es)

Ver perfil do usuário

7 Re: Ficha de personagem em Sex 10 Out 2014 - 16:46

Marinah

avatar
Level .2
Level .2



Ficha de personagem

Nome: Annabeth Long

Idade:  18 anos

Raça:HUmana

Nível:1

Experiência: [0/100]

Aparência (imagem e descrição):

anna:

Jennys: 

Categoria NEN: --deixar em branco--

Personalidade: Fria, indiferente, sempre distante como se estivesse pensando em algo ou em alguém, mas na verdade não esta pensando em nada. Muots podem a achar desligada, mas na verdade Annabeth é observadora, isso porque ela viveu muito tempo sozinha e sempre abandonada achou que o melhor para ela mesma era só observar e analisar tudo a sua volta. Tanto que de só analisar ela arendeu como lutar e estudar, tornando uma combatente experiente mas fria, uma vez que ela mesma não tem demostração de emoções. Annabeth na verdade não sabe como se expressar e logo tem esta ersonalidade fria e distante até quando mata alguém ou alguma coisa.

Curiosidades:
- Annabeth observa tudo, as vezes até demais, é bem comum ver ela olhando fixamente com a cara indiferente até mesmo para uma joaninha numa folha!
- Apesar de ser autodidata, aprendendo as coisas facilmente só com o observar, ela dificilmente poe em pratica o que aprende.
- Ela adora coelhinhos de pelúcia ou de verdade, mas não consegue juntar nem um na mochila....


Atributos: 

[10] 40% Constituição (CON): [10]
[18] 72% Força (FR): [18]
[10] 40% Destreza (DEX): [10]
[10] 40% Agilidade (AGI): [10]
[15] 60% Inteligência (INT): [15]
[12] 48% Força de Vontade (WILL): [12]
[15] 60% Percepção(PER): [15]
[10] 40% CARISMA (CAR): [10]

IP(índice de proteção): .--
Combate desarmado: (1D3+ 9)

PVs (Pontos de vida): [14]
PEs (Pontos de energia): [11]

Aprimoramentos:
+2 Memória Expandida
+2 Regeneração: 1 Pvs a cada 6 horas
+1 Sábio: Culinária 90%
+1 Saude de Ferro
+1 Senso de Direção
+1 Sono Leve
Aprimoramentos Negativos:
-1 Inimigo: Organização Zarhariel
-1 Fobia: Claustrofobia
-1 Identidade Secreta: Anita Belerophont - Filha de um Serial Killer de Hunters

Perícias: 275 pts
60% - Armas Brancas ATK: Espada Longa
40% - Armas Brancas DEF: Espada Longa
05% - Arte Culinária
30% - Ciência Anatomia
10% - Ciência Botânica
40% - Esquiva
20% - Manipulação Interrogatório
30% - Medicina Primeiros Socorros
20% - Sobrevivência Florestas

Itens:

Background:

Annabeth Long, um nome falso adotado por Anita Belerophont, tal ato tem uma explicação.

Anita é filha de um poderoso e procurado serial Killer conhecido como Undersword. Isso sempre trouxe problemas para ela e sua mãe desde pequena quando, descoberto pelos hunters, seu pai as abandonou deixando-as nas mãos dos vingativos hunters. Enquanto uns apenas roubaram tudo qu elas tinham, outros simplesmente as violentaram e as transformaram em escravas, maltratando-as muitas vezes como punição pelo crime do pai de Anita. Tanta crueldade minaram com a personalidade gentil e inocente dela que, com o passar dos anos foi se tornando sem expressão nenhuma até o dia em que decidiram matar sua mãe diante dela. Isso foi o estopim para quebrar a mente dela por completo e, quando menos esperava, ela se lançou contra seus inimigos matando um deles com a espada que este carregava. Isso surpreendeu seus algozes, afinal de contas uma garotinha de 12 anos não deveria ser um problema para hunters experientes como eles.

Mas não foi o que aconteceu, ela revelou ser dona de ua memória infalível, mesmo com sua personalidade e mente destroçados, ela revelou ter aprendido tudo deles durante os anos que estava escravizada e em pouco tempo conseguiu mata-los e fugir com o coro da mãe. Sua fuga durou quase 3 meses antes de ser novamente capturada, mas desta vez por seu pai que, sabendo do feito de sua filha, decidiu buscar ela e a treinar como ele: uma assassina, mas não foi o que aconteceu, ela aprendeu realmente a lutar, assim como aprendeu a reconhecer ervas venenosas e curandeiras, assim como acertar um ponto vital de sua vitima.

E com esse ensinamento ela matou seu pai, punindo-o pelos crimes que fez contra os hunters e contra sua própria família. Após isso, sabendo que era caçada pela Organização a qual estava condenada: a Organização Zarhariel, ela decidiu mudar de nome e passou a usar o nome de Annabeth Long, se tornando uma combatente em busca de um objetivo: se tornar uma Hunter, mas que Hunter se tornará ela nem mesmo ousa imaginar.




Ver perfil do usuário

8 Re: Ficha de personagem em Sex 24 Out 2014 - 10:05

Alicia Han

avatar
Administração GM
Administração GM



Ficha de personagem

Nome: Ariadne Serpentarius

Idade:  20 anos

Raça:Chimera Serpente

Nível:1

Experiência: [0/200]

Aparência (imagem e descrição):

Ariadne:

Jennys: 

Categoria NEN: --deixar em branco--

Personalidade: Ariadne é uma garota insegura, de olhar baixo e fala mansa, embora seja uma chimera e das mais perigosas, por culpa de sua familia, ela na verdade é gentil, carinhosa e muito prestativa para com a vida. Adora medicina e sonha ser uma médica, mesmo que seja uma hunter de resgate. Tem medo absurdo de fogo e sofre com o preconceito acerca de ser uma meia serpente.

Curiosidades:
- Adora medicina e tudo que a envolve, chega a ficar hipnotizasa quando vê uma ocorrencia deste tipo
- vive escrevendo um diário de casos e ações medicinais, quem sabe virará um livro?
- Tem o mesmo problema de uma cobra, muito frio a faz dormir, por isso vive se mexendo e se esfregando para estar sempre quente, mas ainda sim odeia fogo.


Atributos: 

[10] 40% Constituição (CON):
[16] 64% Força (FR):
[15] 60% Destreza (DEX):
[15] 60% Agilidade (AGI):
[20] 80% Inteligência (INT):
[14] 56% Força de Vontade (WILL):
[20] 80% Percepção(PER):
[10] 40% CARISMA (CAR):

IP(índice de proteção): .--
Combate desarmado: 1D3+ 8

PVs (Pontos de vida): [13]
PEs (Pontos de energia): [12]

Aprimoramentos:
+3 Regeneração: 1 Pvs a cada 3 horas
+1 Sábio: Primeiros Socorros 90%
+2 Sentidos Especiais: Audição e Faro Aguçados
+1 Sono Leve
Aprimoramentos Negativos:
-1 Código de Honra Heróis
-1 Fobia: Pirofobia
-1 Má Fama: Descendente dos Serpentarius


Perícias: 230 pts +100pts
20% - Arte Culinária
20% - Arte Redação
30% - Ciência Anatomia
20% - Ciência Genética
30% - Ciência Herbalismo
30% - Ciência Proibida Alquimia
40% - Esquiva
10% - Esporte Arte Marcial ATk: Tai-Chi
40% - Esporte Arte Marcial DEF: Tai-Chi
30% - Furtividade
20% - Manipulação Interrogatório
20% - Medicina Cirurgia
90% - Medicina Primeiros Socorros* [Aprimoramento Sábio]
20% - Sobrevivência Florestas

Itens:

Background:

Nada de escamas simples, ou olhos destacados ou aparencia chimerica que possa disfarça, Ariadne nasceu com metade do corpo humano e a outra metade com o corpo de uma serpente, sendo literalmente uma chimera do tipo lâmia. Nascida de um clã cruel e assassino, ela se viu em meio a carnificina e crueldade cometida de todas as formas contra os outros seres vivos, inclusive canibalismo. Seu clã, naturalmente foi dizimado por tais crimes, porém ela conseguiu escapar e após viver de si mesma durante 5 anos ela decidiu corrigir os erros de seu clã se tornando o oposto do que eles eram: ela se tornaria uma médica.

Infelizmente não foi algo facil de se fazer, além de ter vivido isolada em uma floresta por sua própria segurança, aprendedo por conta própria os conhecimentos de Herbalismo e Alquimia, apliando em sí mesma, chegando a quase morrer em muitos experimentos, ela conseguiu dominar a arte de criar poções. Infelizmente ela era facilmente reconhecida e muitos não deram a chance a ela de lecionar ou aprender a medicina. Sendo assim a contra gosto, quando tinha 15 anos, decidiu roubar livros e se valendo de sua furtividade invadia hospitais e pronto socorros durante a madrugada para aplicar seus tratamentos. Com sucesso muitos pacientes foram curados, mas quem acreditaria na historia de uma garota serpente curandeira da madrugada?

Mesmo sem ter sorte em mudar sua má fama ela continuou até ter conhecimento do teste para Hunter. Diante disso ela roubou muitos livros e estudou o máximo que pode para se preparar para o exame hunter: ela seria uma hunter de resgate! E assim ela busca realizar este objetivo.






Última edição por Alicia Han em Sab 25 Out 2014 - 19:04, editado 1 vez(es)


_________________


Ver perfil do usuário

9 Re: Ficha de personagem em Sex 24 Out 2014 - 13:21

Fear

avatar
Level .2
Level .2
Ficha de personagem

Nome:
Kamakura Kamikaze Saii

Idade: 22

Raça: Humano

Nível: 01

Experiência: [00/100]

Aparência:Cabelo preto e curto, Altura 1,85, Peso 80 quilos,olhos que variam do negro ao Azul escuro quando sua sede de sangue está alta, Anda sempre com roupas escuras, que o fazem parecer mais  magro,pois sempre possui uma cota de malha por baixo das roupas.

:
Saii Saii

Jennys:

Categoria NEN: --deixar em branco--

Personalidade:disciplinado,faz o que é necessário, tenta não se expor na maioria das vezes,por outro lado quando em batalha testa seus limites e dos oponentes, ele gosta de batalhar, é assim que ele aprende, na maior parte do tempo acha sua vida inerte como uma brisa e por isso as batalhas são seu incentivo, o vendaval que move sua vida. porém, algumas coisas podem tirá-lo do sério como o relacionamento com sua familia.Seu passado o marcou com inúmeras situações que o deixaram pé atrás em confiar nas pessoas, mesmo as mais próximas.  

Curiosidades:A cor de seus olhos mudam de preto para Azul conforme sua sede de sangue aumenta,Sua cota de malha de escamas sempre protegem  as suas partes vitais ,ela é quente ao toque sempre parecendo de ter um tom azul prateado vivo as vezes quase florescente.

Atributos:

Constituição (CON): [20]
Força (FR): [20]
Destreza (DEX): [20]
Agilidade (AGI): [10]
Inteligência (INT): [10]
Força de Vontade (WILL): [15]
Percepção(PER): [15]
CARISMA (CAR): [10]
IP(índice de proteção): +4
Combate desarmado: (1D3+ FR/2)

PVs (Pontos de vida): [20] = (Fr+CON/2 arredondando pra cima)
PEs (Pontos de energia): [18] = (CON+WILL/2 arredondando para cima)

Aprimoramentos:
Expert em combate corporal -1
Ambidestria - 1
Regeneração -3
Saude de ferro - 1
Senso de direção - 1
Deflexão - 2
Poder oculto - 1
Sábio -1

Aprimoramentos Negativos

Aversão a armas de fogo -1
Maniáco Depressivo -2

Perícias:

*Armas Brancas:
Katana = 30%/30%
Tsurugi  = 30%/30%
Zanbatou= 30%/30%

*Artes:
Ilusionismo =  20/30%(Dex)
Prestidigitação =20/30%(Dex)

*Artifice:
Armeiro: = 90%  (Dex)

*Ciencia:  (Int)
Botanica =10/20%  (Int)
Geografia  = 10/30% (Int)

*Escudos =  20/50% (Dex)
*Esportes
Acrobacia =10/30%  (Agi)
Arremesso =   20/30% (Dex)

*Esquiva =   10/40%(Agi)
*Escutar =15/30%   (Per)
*Mergulho = 20/30%  (Con)
*Furtar = 20/30% (Dex)
Linguas/ Leitura labial = 30%

*Manipulação =
Intimidação =  15/40% (Will)
Tortura = 10/10% (Int)
Procura =15/30% (Per)
Rastreio = 15/40%(Per)
Sobrevivencia =15/30%  (Per)

Itens: Cota de malha obra prima maleável, que possui vontade própria.  
Escudo de braço,também maleável, como uma couraça de escamas retrátil, que se espande,
Espada mutável, escamas que se sobrepõe, passando de daí-katana para Bastarda e depois claymore. Seu peso em si é o mesmo em qualquer uma das formas, por isso necessário mesma força para manipulá-la em qualquer forma.

Background:

31 de Junho, 10 anos atraz.
Vindo de uma  familia de tradicionais Militares, onde a idéia de feudo ainda era praticada, onde o patriaca era o chefe e o lugar das mulheres sempre foram como servas de seus maridos e concumbinas, onde mulheres não tinham direito a voz.
Sua mãe era uma mulher sempre muito enferma, sempre estava doente ou impossibilitada de vê-lo, não sabia o porque, só sabia que a causa tinha sido seu pai. Ricard Klaws era um gaijin, um homem de terras longínquas, muito habilidoso na arte da espada ou esgrima como ele chamava, todos no reino realmente confirmaram sua pericia basicamente o desafiando para combates de honra. Graças a isso ganhou grande destaque e prestigio fazendo parte da guarda de honra de Asakura Hime , e foi assim que você nasceu meu netoi.
Nós não sabiam deste envolvimento e nem aprovariam-mos se soubessemos, então seus pais decidiram manter em segredo, porém o inusitado aconteceu, sua mãe ficou gravida, e para abafar um escandalo maior sua mãe foi forcada a casar com um senhor feudal menor e enviada para reclusão por alguns anos, seu pai foi afastado da guarda e transferido para as linhas de frente para proteger o país, enquanto isso voce crescia e se tornava um garoto forte tão forte quanto seu pai e tão doce como sua mãe, quando você fez 3 anos soubemos da morte de seu pai em batalha, o que devo dizer nos deixou muito mais aliviados. -"Parando para pensar tudo parece fazer mais sentido agora".
Sua mãe retornou da reclusão e apresentou voce ao povo como filho dela e de seu marido, e assim a vida tomou seu rumo novamente, até que decidimos que já era hora de voce aprender artes marciais, lembro-me bem foi uma época muito conturbada que seu padrasto tentava aplicar golpes de estado contra seu avô, realmente seu padrasto era um homem muito ganancioso...
-"Acalme-se vou continuar a história": Vendo possíveis problemas encontramos um tutor pra ficar sempre com você, alguém versado na espada tradicional que pudesse lhe passar muito dos conhecimentos da nossa tradição, foi quando procuramos pela primeira vez a organização Hunter, deve se perguntar o que é isso, bem digamos que é a organização mais poderosa do mundo, por enquanto, Foi enviado a nós um homem Getsuga Oni, com autos níveis de recomendação, você tinha 5 anos agora se lembra disso, um homem com meia mascara oni, e a outra metade em branco, não falava muito de seu passado e dizia que não tinha um futuro, só o trabalho.” Agora entendo o que ele queria dizer”.
Ele era duro e disciplinado e sempre atento aos seus cuidados o que nos deixou satisfeito com o trabalho que fazia, seus treinos eram normalmente absurdos, eu cheguei até a questioná-lo sobre seus métodos, mas ele simplesmente respondeu : - Quer criar um líder ou um seguidor.
É realmente um homem perseverante pensando agora, seus treinamentos eram horríveis de se ver mas no final do dia quando vc estava exausto ele mesmo fazia os cataplasmas com ervas para curar seus ferimentos, era possível ver em seus olhos o orgulho brilhar por traz da mascara, mas  quando você completou 11 anos sua mãe ficou gravida novamente e seu padrasto agora dono de grande poder e seu avô doente, não tivemos forças quando ele decidiu mandá-lo para longe para um internato longe do povo e longe de nós,onde poderia dar cabo de sua vida, seu protetor não gostou e também foi demitido e expulso do reino. Sua mãe ficou muito doente ao dar a luz a seu meio irmão algo realmente explicável sabendo o que seu irmão era" o que viemos a descobrir depois," mas agora não importa se esta carta chegou até você é porque ainda está vivo, e prezo para que o ultimo suspiro da sua mãe chegue a você, pois ela usou todo resto de vida para lhe dar esta chance contra seu irmão.
Com amor e pesar sua vó...
........................ Kamikaze Otta Hime ......................
Ao terminar de ler seus olhos estavam marejados, suas lagrimas cairam pela cota de malha despertando-a e gentilmente agarrando-se ao corpo de Sai como um simbionte, seu desejo estava claro agora ser reestabelecido ao seu trono, se tornar um hunter como seu pai, e derrotar seu padrasto.



Última edição por Fear em Qui 11 Jun 2015 - 19:38, editado 9 vez(es)

Ver perfil do usuário

10 Re: Ficha de personagem em Sab 25 Out 2014 - 2:38

Tuninhu

avatar
Level .1
Level .1
Ficha de personagem

Nome: Halev, A vergonha de Nahr

Idade:  17

Raça: Humano

Nível: 01

Experiência: 00

Aparência (imagem e descrição):  
Cabelos ralos e finos. Olhos, sem vida preenchidos de um profundo negro agourento. Rosto pálido de expressão vazia como o de um morto, Corpo pálido com o mesma beleza de um cadáver que teve a vida recentemente arrancada de suas entranhas, sua vestimenta é a mesma dos sacerdotes de uma religião falida a muito esquecida pelo seu povo, suas mãos com poucas unhas que lutam para se manter coladas aos dedos, mas que visivelmente perderam a batalha a muito... Mas o que chama a atenção nele, são suas mãos deformadas pelos ferimentos das pedradas que foram feitas por ele mesmo, em claro sinal de desprezo as crenças do seu povo que tem por aspecto de adoração as mãos do grande artesão, e os desenhos feitos com sangue em todo o seu corpo desenhos estes que estão em constante mudança formados por um generoso fluxo de sangue, que misteriosamente nunca chegam a tocar o chão.
Peso:52 kg
altura, 1,72
avartar:


Jennys: 00


Categoria NEN: --deixar em branco--

Personalidade: Calado, a maior parte do tempo está em torpor comungando com entidades que ele alega serem reais, vazio, desinteressado em tudo que não tenha relação com o estranho culto que ele segue. Decadente consciente da própria ruína e aparentemente bem satisfeito com o caminho que está seguindo rumo a loucura e demência, não costuma interagir mas se necessário utiliza todos o floreios que aprendeu durante sua juventude nobre. Não é traiçoeiro mas de forma alguma confie as suas costas a alguém que não entende muito bem a diferença de um corpo morto para um corpo vivo. Decididamente ele não se importa com o seu bem estar. Possui uma mente distorcida que alterna em momentos de sanidade e demência o que lhe faz ter uma noção péssima de tempo.

Curiosidades: Apesar de seus olhos funcionarem bem ele só é capaz de enxergar a força vital e o sangue dos seres vivos. E suas marcas reagem a vida a sua volta.

Atributos:

Constituição (CON): [05]
Força (FR): [15]
Destreza (DEX): [20]
Agilidade (AGI): [20]
Inteligência (INT): [15]
Força de Vontade (WILL): [20]
Percepção(PER): [15]
CARISMA (CAR): [00]

IP(índice de proteção): --Inicialmente em branco, depende de armadura, arma e poder.--
Combate desarmado: (1D3+ FR/2)

PVs (Pontos de vida): [10] = (Fr+CON/2 arredondando pra cima)
PEs (Pontos de energia): [13] = (CON+WILL/2 arredondando para cima)

Aprimoramentos: Guardião/2
Ambidestria/2
Pacto/1
Regeneração/ 1
Guardião de Artefato

Aprimoramentos Negativos:
Defeito Físico -1 (Desfigurado)
Má Fama -1
Sangramento - 1

Perícias: Armas Brancas: Adaga 50%,. Escapismo 50%. Camuflagem 50% Ciencias: Anatomia 50% Ciencias Proibidas 35% Esquiva 30%

Itens: Halev Carrega o sangue “Daquele que tem fome” Uma entidade caída portadora da ruina e flagelo dos fracos pois esse é o papel dos fracos. Basicamente o sangue tenta roubar a vida a sua volta mas está preso a Halev, isso acabou fazendo com que ele se tornasse menos que um vivo mas ainda sim mais que um morto, isso não lhe confere poderes somente a habilidade de repelir criaturas irracionais que sentem aversão extrema a ele algo que beira o pânico, faz com que pessoas sensitivas achem que de alguma forma ele está morto e fazem as criaturas das sombras o verem como um igual.

Background: Foi predito pelo alto sacerdote do culto dos filhos do artesão que  Halev era aquele que nasceu predestinado a criar, no ponto de vista dessa religião aquele que porta a habilidade de criar é aquele que nasce a cada geração  como uma promessa de bonança e felicidade. E sua vida desde seu nascimento foi direcionada para isso, como parte da sua educação ele vivia separado das outras pessoas para impedir influencias externas em seu julgamento uma vez que aquele que nasceu para criar é responsável por todas as decisões importantes como por exemplo: a data e o local do próximo plantio e quando e como a colheita deve ser feita. Na ultima parte do seu treinamento Halev como todos os seus predecessores deveria seguir sozinho para o recanto das sombras (Um conjunto de cavernas subterrâneas localizadas abaixo da cidade, onde existem as ruinas da antiga  cidade subterrânea, lar dos ancestrais  do povo de Nahr) Um complexo sistema de ruas e prédios que apesar de estarem em ruinas ainda conservam uma certa imponência. Essa parte de seu treinamento consiste em adentrar a parte mais profunda da cidade e confrontar os espíritos malignos que lá habitam, espíritos esses que foram a maior figura de adoração de seus antepassados e segundo os escritos o motivo de sua ruina e quase catalizador de sua extinção, caso não fosse o surgimento grande artesão (Figura central da nova religião de Nahr). As ruinas são vastas e desconexas, há registros de “predestinados a criar” que ficaram nas ruinas durante anos. Mas no minuto que Halev adentrou as agorentas ruinas algo lhe parecia familiar uma voz lhe chamava em poucas horas ele estava na estrada da câmara das sombras, localizada na parte mais profunda das ruinas onde mal se pode respirar onde nada se pode ver e mal se pode andar tamanha as presenças malignas que lá habitam, nesta funesta câmara, onde outrora sacrifícios eram feitos a criaturas inomináveis e que só apareciam a presença dos mortais através de transes e atos hediondos. Ali estava Halev com a mesma sensação da cria recém nascida que se aconchega no seio de sua mãe, ali estava ele pegando uma pedra e esmagando os ossos de sua mão extremamente bem cuidadas e ornadas símbolo maior do seu nascimento elevado, ali estava Halev pegando uma adaga que havia sido cuidadosamente deixada para ele heras atrás. Ali estava Halev deitado sobre o chão da câmara das sobras com o corpo dilacerado pelas mesmas mãos que um dia foram promessa de felicidade, ali estava ele vendo o sangue escorrer através da rocha e adentrar seu corpo uma vez imaculado. E quem se levante não é mais o garoto alegre e benevolente e sim algo diferente algo mutilado algo que não possui mais o brilho da vida tão pouco a serenidade dos caídos. Quanto tempo eu fiquei no chão; se pergunta Halev quanto tempo eu precisei para nascer? E as vozes mais uma vez lhe sussurram para o seu espirito como era o costume em heras passadas e mais uma vez Halev se senti acalentado e preenchido de um sentimento bom e ele sabe o que deve fazer ele sabe que deve esperar o sol se recolher para que mais uma vez os espíritos das sombras tenham as ofertas que lhe são devidas. Algo emerge das ruinas algo grotesco coberto da cabeça os pé do sangue fresco que reluzem como burbom ante a face indiferente da lua. Aquilo se move sorrateiramente e aquele dia foi conhecido como  “A tragedia de Nahr”, o dia em que as velhas e as crianças marcharam para o subterrâneo para nunca mais. Os espíritos que outrora exigiam apenas oferendas anuais exigiram o que lhe era devido, aquilo que o povo de Nahr se esqueceram de pagar por séculos, aquilo que estava em sua maior estima suas crianças e mães, seu futuro e seu passado, pois eles tem fome e eles devem ser alimentados e esse é o papel dos fracos, perecer nas mãos dos fortes. Despois do ocorrido Halev carrega o sangue “Daquele que deve ser alimentado” e tem como missão encontrar as outras Câmaras sombrias para saber quais os outros designíos deixados para ele e assim tomar o seu lugar de direito como um só com as sombras. E através do exame Hunter ele pode ter acesso as informações necessárias e a permissão para se deslocar sem problemas por entre as áreas com um certificado de Hunter.

Ver perfil do usuário

11 Re: Ficha de personagem em Qui 28 Maio 2015 - 23:51

Peete

avatar
Level .2
Level .2
Nome: Naretha
Idade: 25 anos
Raça: Chimera viperina
Nível: 01
Experiência: 0/200

Aparência:

Uma mulher alta, de postura séria e elegante, corpo escultural e face atraente. Tem os cabelos longos, ondulados e negros em contraste com sua pele pálida; olhos púrpura com um brilho róseo, cujas pupilas são em fenda; lábios carnudos que costumam esconder sua afiada língua bifurcada. Suas unhas são mais grossas que o normal e, assim como seus dentes, possuem canais por onde seu veneno pode ser inoculado. (não possui a tatuagem da foto)

Jennys: J$ 500.000

Categoria NEN: -- b l a n k --

Personalidade: Observadora, lógica, persistente. Possui um temperamento forte e agressivo, mas que dificilmente é demonstrado graças à sua grande paciência e racionalidade, chegando a ser considerada portadora de um coração congelado. Costuma ter uma visão de mundo pessimista, esperando sempre pelo pior, dificilmente confiando plenamente em alguém. Não suporta passividade ou resignação, sendo junto de hipocrisia e gritos, as coisas que mais a tiram do sério.

Curiosidades:
- Ama o calor, se dependesse dela, viveria nua numa praia com sol escaldante, comer, beber e dormir.
- Odeia o frio, submissão, tirania, hipocrisia, pessoas barulhentas.
- Seu lema é "Não ser devota a nada ou ninguém além de si mesma".
- Usa roupas por mera convenção social: a temperatura de seu corpo sofre pequeníssimas alterações quando coberta por panos.

Atributos:
[11] 44% Constituição (CON)
[15] 60% Força (FR)
[12] 48% Destreza (DEX)
[19] 76% Agilidade (AGI)
[18] 72% Inteligência (INT)
[20] 80% Força de Vontade (WILL)
[14] 56% Percepção(PER)
[08] 32% Carisma (CAR)

IP: ----
Combate desarmado: (1D3+ FR/2)

PVs: [13] = (Fr+CON/2 arredondando pra cima)
PEs: [16] = (CON+WILL/2 arredondando para cima)

Aprimoramentos:
1 - Ataque Paralisante (veneno)
1 - Corpo Maleável
1 - Sedutora
2 - Sentidos Aguçados: Olfato/Audição
2 - Sentidos Especiais: Radar/Infravisão
1 - Expert em Combate Corporal

Aprimoramentos Negativos:
1 - Má Fama (chimera)
1 - Vulnerabilidade (frio/gelo)

Perícias: (230+18x5 = 320)
xx% Armas Brancas: Chicote(DEX) - 30/30 (aprimoramento)
47% Armas de Fogo: Pistola(DEX) - 35 (+12)
49% Artes: Escapismo(AGI) - 30 (+19)
xx% Artes Marciais: Jiu Jitsu(AGI) - 30/30 (aprimoramento)
xx% Briga - 30/30 (aprimoramento)
58% Ciências: Bioquímica(INT) - 40 (+18)
30% Ciências Proibidas: Alquimia - 30
39% Esportes: Acrobacia(AGI) - 20 (+19)
29% Esportes: Natação(AGI) - 10 (+19)
21% Esportes: Corrida(CON) - 10 (+11)
49% Esquiva(AGI) - 30 (+19)
44% Furtividade(AGI) - 25 (+19)
28% Manipulação: Empatia(CAR) - 20 (+08)
28% Manipulação: Lábia (CAR) - 20 (+08)
30% Manobra de Combate: Imobilização - 20 (+10)
34% Pesquisa(PER) - 20 (+14)

Itens:
[1] Chicote comum (1d3 médio alcance)
[1] Pistola comum (1d6 longo alcance/1d8 queima-roupa)
[0] Munição
[3] Bomba ninja (afeta visibilidade em área em 1/3)

Background:
Perdeu sua família quando ainda era criança num acidente que envolveu um experimento de seus pais - na época, muitos diziam que foi algo intencional, uma vez que sua mãe sofria de uma depressão profunda e seu pai enfrentava uma crise pessoal que tornava o ambiente de casa extremamente tenso e negativo. Mais tarde, foi descoberto que suas pesquisas haviam sido sabotadas por algum agente externo, provavelmente um humano trabalhando para alguma corporação influente já que a fama das chimeras por si só já não era boa, ainda mais uma família de chimeras serpente cientistas. E para sua confusão, depois de ser descoberta como uma chimera, foi expulsa da zona da cidade e alertada sobre a possibilidade de o seu retorno não ser amigável e que ninguém lhe asseguraria sua integridade física - não a mataram apenas por ainda ser uma criança e pelo respeito aos seus pais, que haviam ajudado muitas pessoas com suas descobertas.

Sem ter para onde ir, ficou por muito tempo rondando os limites da cidade, imaginando que uma hora ou outra alguém iria lhe ajudar ou dizer que aquilo não passava de uma brincadeira de péssimo gosto. Enquanto isso, só conseguia se manter viva comendo algumas frutinhas silvestres e se encolhendo em algum canto escuro onde não batesse aquele vento gelado, nutrindo cada vez mais sua crescente raiva daqueles que um dia estavam ao seu lado e agora a abandonaram.
Certa noite, num ato de desespero, avançou contra um viajante despreocupado e, no meio da briga, começou a mordê-lo e a apertar suas unhas contra a pele dele, até o momento em que ele havia parado de se mover e deixado de fazer força contra ela. Assustada, recuou até bater de costas numa árvore próxima e suspirou com um misto de alívio e receio quando percebeu que ele estava respirando, apenas não se movia. Fuçou todos os seus pertences, o deixou nu e levou tudo o que ele tinha e que conseguia carregar embora.
Estava comendo algo assado pela primeira vez em dias, se deliciava com o sabor da carne a cada mordida e o calor da fogueira que havia acendido com os itens do andarilho traziam um conforto que há muito não sentia e tinha quase esquecido como era, não demorando muito para que adormecesse com um sorriso no rosto.
Começava a acordar sentindo baques contra seu rosto como se o chão estivesse se movendo e então percebeu que estava sendo carregada dentro de uma jaula pequena, de madeira, coberta por um pano rubro. Olhava para os lados tentando entender o que estava acontecendo até que alguém ergue um lado do pano e lhe lança um olhar afiado e desconcertante - era o mesmo viajante que havia atacado aquele dia e que agora trazia um sorriso vencedor no rosto que causava um estranho mal estar. Ele manda alguém parar e então a descobre para que visse aonde estava - o que havia sobrado da estrutura da sua casa.
Não teve tempo para chorar ou sequer questionar alguém, logo já havia uma equipe de pessoas mexendo nos escombros, aparentemente procurando por algo e eis que o viajante reaparece. "Não sabia que houveram sobreviventes... Se fosse o caso, você não precisaria ter passado por tudo o que passou". Um aliado. Um chimera. Um antigo amigo de seu pai e talvez a única pessoa em quem pudesse confiar naquele momento. Ele começou a falar sobre o caso mas logo desistiu pois não era justo falar sobre aquele tipo de coisa com uma criança, apenas falou sobre a pesquisa do seu pai e sobre como ela iria mudar o mundo.

Não tendo mais ninguém no mundo, seguiu com ele para onde ele morava, contribuindo com afazeres domésticos e assistindo Goethe no que ele precisasse. Sua rotina mudou bruscamente, tendo aulas teóricas, práticas, de auto defesa e desportos, e Naretha não reclamava de nada, afinal adorava tudo aquilo e se sentia confortável novamente.
E assim foi por pelo menos cinco anos, quando já estava perto dos seus 15 e então toda a verdade lhe foi revelada. As pesquisas de seu pai falavam sobre a produção de remédios e vacinas para todo o tipo de doenças a partir da composição das células de diversas espécies de chimera, possibilitando uma utópica cura universal de todos os males da saúde. Obviamente, esse tipo de pesquisa era vista com maus olhos por vários lados, principalmente por invejosos ou ambiciosos humanos que viam toda essa situação com olhar suspeito e foram provavelmente os responsáveis pela sabotagem e pelo acobertamento do acidente. Para a surpresa do chimera-camaleão, a garota começou a questionar sobre os dados da pesquisa, documentos e sobre como poderia ajudar a continuar o que seus pais começaram - e em momento algum havia mostrado raiva ou desejo de vingança -, os dois então acordaram que seriam mestre e aprendiz e que isso seria um segredo.

Mais de cinco anos se passaram, todos os treinamentos se intencionaram à medida em que mais e mais descobertas foram feitas. Naretha passou a ser também cobaia de alguns experimentos por conta da sua capacidade de secretar o veneno neuromuscular paralisante. Junto das suas próprias pesquisas, passou a produzir em laboratório substâncias derivadas do seu próprio veneno, como um antídoto para ele; uma variação sólida do veneno, quase tão resistente quanto metal; uma variação que agia como ácido, entre outras, assim como passou a trazer estudos alquímicos para aprimorar a efetividade de suas descobertas. A evolução dos seus próprios experimentos acabou deixando um pouco de lado a continuidade do trabalho dos seus pais, ainda que fizesse algumas contribuições quando podia. Na realidade, não se sentia pronta ou apta para mergulhar naquilo e muitas daquelas informações estavam comprometidas por conta da falta dos documentos... Ela precisaria praticamente recomeçar tudo.
Em dado momento, seu mestre começou a agir estranho e numa noite recebeu a ordem de ir embora, sem questionar, sem ser cabeça dura, sem levar nada. Irritada com aquele acontecimento súbito, foi atrás dele para tirar satisfação e então o encontrou começando um incêndio no laboratório e na biblioteca, destruindo tudo o que tinha conseguido até então. Por mais que perguntasse o que estava havendo, ele não respondia e apenas dizia que ela devia fazer o que ele mandou. A conversa implodiu quando Goethe começou a gritar e a dizer sobre os perseguidores, o risco que eles corriam e como o trabalho deles não valeria de nada se os dois estivessem mortos, fazendo com que ambos começassem a se agredir fisicamente enquanto o ambiente se inflamava. Em dado momento, já era tarde demais para tentar resgatar qualquer coisa ou mudar a opinião do outro, cada um fugiu como conseguiu e dessa forma ambos perderam contato.

Mais uma vez sem ter para onde ir, sendo uma ninguém, Naretha resolve retornar à sua cidade natal, mais precisamente para o lugar onde morava. Se deparou com um pequeno casebre construído por cima de onde era a estrutura original, e uma criação de porcos e galinhas. Como ninguém parecia atender, invadiu a casa e notou que o casebre se encontrava sobre onde antes seria o escritório de seu pai, e que o curral estava exatamente na área em que brincava com sua mãe no quintal. Eis que uma senhora entra e praticamente ignora a presença da chimera, falando algumas coisas sem sentido e então falando sobre como era a vida no seu tempo de juventude - logo ela se dá conta de que era sua "tia avó" que a visitara há muitos anos atrás e que só tinha a visto uma vez na vida. Sem perder tempo, ainda falando coisas sem sentido, a velha avisa que está perto de morrer mas que não poderia falhar no seu último trabalho, então fala mais coisas aleatórias e então sai para o mercado, dizendo para a garota ficar à vontade e se sentir em casa.
Ainda digerindo tudo, Naretha começou a ligar os pontos e percebeu que todo o seu treinamento havia culminado para que se tornasse uma Hunter e dessa forma finalmente tivesse os contatos e meios necessários para terminar o Projeto Utopia

Ver perfil do usuário

12 Re: Ficha de personagem em Ter 2 Jun 2015 - 23:05

Meister Aoro

avatar
Administração OP
Administração OP





Ficha de personagem

Nome: Kuroi Getsuga
Idade: 25
Raça: Humano
Nível: [01]
Experiência: [0/100]

Aparência (imagem e descrição): Jovem alto, de cabelos curtos e negros, desgrenhados como se sempre fossem forçados a estar no ugar, pele levemente palida e olhos com detalhes em vermelho, costuma estar sempre vestido com roupas sociais, quase que de mordomo com luvas, luvas que na verdade são adaptadas a fim de lhe proporcionar proteção e conforto para as mãos, que são suas ferramentas de luta e trabalho.

Spoiler:

Jennys: 500.000

Categoria NEN: --deixar em branco--

Personalidade: Kuroi é dono de uma personalidade bastante conflitante, embora adora ter uma amizade, sempre tende a usar palavras frias e sem nenhuma delicadeza. É determinado e em muitas vezes irresponsável, pelo fato de ir até as ultimas consequências de seus atos. gosta de uma boa conversa, mas não tem papo nenhum quando precisa lutar. Devido a traição, de seu primeiro amor, ele é totalmente fechado a relacionamentos, o que complica um pouco sua vida mais natural e até humana. Como hunter deseja vingança contra todas as injustiças e pretende ter tal posto para agir conforme a lei justa e vingativa, totalmente vingativa.

Curiosidades:
- Adora ler livros, mas costuma queimar os mesmos. Adoraria ter uma guitarra, mesmo que não a tocasse. Café é sua segunda filosofia de vida, a primeira é ser hunter caça criminosos.


Atributos (120):

[10] Constituição (CON):
[20] Força (FR):
[15] Destreza (DEX):
[15] Agilidade (AGI):
[10] Inteligência (INT):
[15] Força de Vontade (WILL):
[10] Percepção(PER):
[05] CARISMA (CAR):

IP(índice de proteção): [00]
Combate desarmado: 1D3+ 10

PVs: [15] = 10+5
PEs: [18] = 10+8

Aprimoramentos (6 iniciais +3 de Aprimoramentos Negativos):

Ambidestria +2
Regeneração +3 1 Pvs a cada 6 hora
Sabio +1: Ciência Anatomia*
Sentidos Especiais: Audição Aguçada +1
Vontade de Ferro +2

Aprimoramentos Negativos:

Aversão a armas de fogo -1
Código de Honra Heróis -1
Inimigo -1: Ex namorada e criminosa Kamiyo Shigure

Perícias (200 + 50= 250):

40% - Artes Marcias: Briga Atk
40% - Artes Marcias: Briga Dfe
20% - Arte Culinária
90% - Ciência Anatomia* [ aprimoramento ]
10% - Ciência Botânica
10% - Condução: Moto
40% - Esquiva
30% - Manipulação Interrogatório
20%.- Manobra de combate - Luta as cegas
20% - Medicina Primeiros Socorros
20% - Sobrevivência Florestas

Itens:

Roupas, mochila com kit sobrevivência, primeiros socorros e ração de viagem.

Background

Kuroi Getsuga é um jovem de 25 anos bem inesperado, em todos os sentidos, cuja a infância foi bem inusitada. Por ser filho de Hunters, aposentados porém ainda perigosos, ele teve uma infância bem árdua, regada de cruéis ensinamentos com carinhos familiares bem incomuns, o que o tornou uma criança acima da média, na adolescência ele já fazia pequenas missões para seus pais, coisas comuns e incomuns que iam desde caçar um gatinho perdido a passar horas a fio debaixo da chuva e do calor apenas para ver a rotina de alguém, e isso gerou um certo antisocialismo forçado nele, afinal de contas como brincar de pega-pega com uma criança que pulava mais de 5 metros de altura e fazia acrobacias que chegavam a beirar o absurdo? Isso deixou sua vida bem solitária.

Uma solidão que aumentou ainda mais após a morte dos pais, que mesmo aposentados, ainda eram Hunters e se envolveram a contragosto em uma caçada a uma sanguinária assassina que, para seu terror, se revelou sendo sua primeira e unica namorada até hoje. Após tal traição, movido pelo ódio e desejo de vingança ele tentou por conta própria ser um hunter, mas isso só dificultou sua vida ao ponto de no fim, embora ter grandes habilidades de combate e conhecimentos, se ver obrigado a fazer o teste hunter para assim se tornar um verdadeiro profissional, como os pais, e conseguir não só capturar a assassina deles, mas também se tornar um hunter de renome como os pais desejavam.


Ver perfil do usuário http://overpower.ativoforum.com

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum